Faixa Atual

Título

Artista


Violência contra a mulher tem redução de 42% em Flores da Cunha

Escrito por em agosto 29, 2019

Índice da Polícia Civil local é referente ao primeiro semestre deste ano comparado ao mesmo período de 2018

A campanha Agosto Lilás, de âmbito nacional, criada em alusão ao aniversário da Lei Maria da Penha, que completou 13 anos no último dia 7, tem o objetivo de alertar e conscientizar a população sobre os tipos de violência contra a mulher. O Brasil ocupa hoje o 5º lugar no mundo no ranking de violência doméstica e enquanto isso acontecer, o debate deve permanecer em pauta, situação reforçada pela elevação atual das estatísticas.

Em Flores da Cunha, houve uma redução nos casos de violência contra a mulher. Segundo a delegada Aline Martinelli, nos primeiros seis meses de 2018, foram 56 ocorrências enquanto de janeiro a junho de 2019, foram 32 casos, uma queda de 42,8%. “O que percebemos é que muitas mulheres ainda sentem receio de denunciar, mas notamos que houve crescimento delas na delegacia”, afirma.

Para a delegada, a lei Maria da Penha ainda dificulta para as mulheres. “Percebemos que aquelas que não denunciam é por vergonha, culpa ou medo de que não será tomada nenhuma providência, o que não é verdade, e o receio de voltar a ser agredida ou sofrer represália, e também pela dependência financeira do companheiro”, salienta Aline. Segundo ela, os maiores casos são de ameaças.

Ouça entrevista com a delegada Aline Martinelli

Em Flores da Cunha foram 32 casos neste ano contra 56 do primeiro semestre de 2018

Opnião dos Leitores

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *