Faixa Atual

Título

Artista


Vereadores, prefeito e vice tomam posse em Antônio Prado

Escrito por em janeiro 1, 2021

Solenidades ocorreram na tarde desta sexta-feira (01)

Estão devidamente empossados os vereadores, prefeito e vice de Antônio Prado. Em solenidade de posse ocorrida na tarde desta sexta-feira (01) na Câmara de Vereadores da cidade, foram habilitados para as atividades legislativas os representantes do povo Pradense. São eles: Naudi Balancelli (MDB), Bernardo Franceschini (MDB), Maria Cecília Marin Zulian (PP), Vanderlei Cescon (MDB), Laís Sottoriva (PT), Andrei Casali (MDB), Giovani Fiorese (PP), Gelsomir Corassa (PDT) e Giovanna Simioni Zanella (PP).

A mesa diretora será composta por Neudi Balancelli (MDB) como presidente, Bernardo Franceschini (MDB) como vice-presidente e Gelsomir Corassa (PDT) como secretário. A Chapa um teve cinco votos, enquanto a chapa dois obteve quatro votos. A chapa dois era composta por Maria Cecília Marin Zulian (PP) como presidente, Laís Sottoriva (PT) como vice e Giovani Fiorese (PP), como secretário.

Em uso da tribuna, o presidente da casa legislativa, Neudi Balancelli garantiu que a oposição terá diálogo para discutir os temas que sejam relevantes para o município.

Após a posse e o juramento dos vereadores, Balancelli chamou o prefeito e vice eleitos, Roberto Dalle  Molle e Elias Zulian, ambos do Progressista, para o juramento de posse dos cargos.

Ocupando a tribuna, Dalle Molle garantiu a sequência dos trabalhos da atual administração, com olhar empreendedor e foco inicial para a área da saúde, buscando equipar ainda mais os órgãos municipais e preparar o município para a possível vacina contra a Covid-19.

TRANSIÇÃO DE CARGO ENTRE OS PREFEITOS

Após o ato na Câmara de Vereadores, o prefeito e vice eleitos, Roberto Dalle Molle e Elias Zulian, juntamente com o agora ex-prefeito Juarez Santinon (MDB), protagonizaram a passagem de cargo na sede da prefeitura. Em seu último discurso como prefeito, Juarez enfatizou os números conquistados nos últimos quatro anos, com destinação de 17% dos recursos para a área da saúde, mais de 25% na área da educação.

Nos quatro anos de gestão, foram contratados mais de R$ 3,5 milhões em financiamentos. Conforme Santinon, “quando tem financiamento, tem crédito”. Desse total, restam cerca de R$ 2,4 milhões em financiamentos a serem pagos.

A administração do emedebista deixa a prefeitura com saldo bancário, recurso que está em caixa, de R$ 6,1 milhões.

Ao final, após o discurso de Dalle Molle, Juarez fez a entrega simbólica das chaves da cidade.

Fonte: Grupo Solaris – Repórter Luiz Augusto Filipini


Opnião dos Leitores

Deixe uma Resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *