Faixa Atual

Título

Artista


Vacinação contra a Influenza: Rio Grande do Sul ainda não atingiu meta de 90% nos grupos prioritários

Escrito por em junho 1, 2020

Campanha iniciada em 16 de abril foi prorrogada até 30 de junho

A Campanha de imunização contra os tipos de influenza B, H1N1 e H3N2 foi prorrogada até 30 de junho pelo Ministério da Saúde. No Rio Grande do Sul, a vacinação ainda não atingiu 90% dos grupos prioritários. Conforme a Secretaria Estadual da Saúde, foram imunizados 66,44%, o que representa cerca de 3,3 milhões de pessoas, quando o total estimado é de 5 milhões.

A imunização contra a influenza não protege da covid-19, mas pode auxiliar no diagnóstico dos sintomas, pois as doenças as quais a vacina gera imunidade serão descartadas na triagem, caso o paciente busque atendimento em uma Unidade Básica de Saúde com sintomas gripais e informarem terem sido imunizados.

Grupos que seguem recebendo imunização até 30 de junho

  • pessoas de 60 anos ou mais;
  • trabalhadores da saúde;
  • profissionais das forças de segurança e salvamento;
  • pessoas com doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais;
  • adolescentes e jovens de 12 a 21 anos sob medidas socioeducativas;
  • população privada de liberdade e funcionários do sistema prisional;
  • caminhoneiros;
  • motoristas e cobradores de transporte coletivo;
  • portuários;
  • povos indígenas;
  • crianças de 6 meses a menores de 6 anos de idade;
  • pessoas com deficiência, gestantes e puérperas até 45 dias;
  • adultos de 55 a 59 anos de idade;
  • professores das escolas públicas e privadas.

Fonte: Governo RS.


Opnião dos Leitores

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *