Faixa Atual

Título

Artista


Urologista alerta para diagnóstico precoce do câncer de próstata

Escrito por em novembro 23, 2021

O médico Sandro Sozo falou sobre exames preventivos como PSA e exame de toque retal para auxílio do diagnóstico e tratamento deste câncer que afeta um em cada seis homens

Neste mês de novembro a Rádio Solaris 97,3 FM realiza entrevistas alusivas a campanha de conscientização e prevenção ao câncer de próstata e conta com o apoio da Associação dois Motoristas de Antônio Prado, Confiança Gestão e Contabilidade, Buona Farma Stimamiglio, Livraria do Aluno e Supermercado Centenário.

Na manhã desta terça-feira (23) o médico urologista, Sandro Sozo, participou de entrevista sobre a prevenção e tratamento do câncer de próstata.

O médico comenta que o objetivo desta campanha no mês de novembro que é a manutenção da saúde do homem, através de uma série de medidas realizadas individualmente por cada um para manutenção da saúde masculina e para que se possa evitar uma série de doenças além do câncer de próstata, como a diabetes, por exemplo.

Ele alerta aos homens para que fiquem atentos principalmente entre 45 a 50 anos, pois estatisticamente um em cada seis homens terá a doença. É preciso ter atenção aos fatores de risco como o histórico familiar de câncer de próstata, principalmente se o pai ou irmão passaram pela doença, sobrepeso e obesidade e a idade.

Segundo dados do Instituto Nacional de Combate ao Câncer (INCA) o câncer de próstata é considerado o mais comum entre os homens.

Segundo Sozo na fase inicial deste câncer não existem sintomas e infelizmente quando surgem o caso muitas vezes já está em estado mais avançado. É importante detectar precocemente com o auxílio de exames preventivos como PSA e exame de toque retal a partir de 45 anos, ambos realizados anualmente e também salienta que um exame não substitui o outro, ambos são importantes para se detectar uma possível alteração que deverá ser investigada e tratada posteriormente com o auxílio de ressonância magnética da próstata biópsia, entre outros exames.

O urologista também explica a diferença entre os exames de PSA e de toque retal. Segundo o especialista o exame de PSA já proporciona uma informação importante sobre a dosagem da proteína que é considerada normal até o nível quatro em homens acima de 60 anos. Ele pode ser feito juntamente a outros exames como sangue, glicose, colesterol e se ele estiver alterado deverá ser investigado utilizando outros meios.

Já o toque retal trata-se de um exame rápido e não doloroso que permite detectar se a próstata está alterada ou se possui algum nódulo possibilitando uma terapia mais rápida, assim que detectada alguma alteração.

O médico finaliza reforçando a importância da prevenção para a realização de um tratamento mais rápido que possibilitará a cura e salienta a importância de se adotar um estilo de vida saudável evitando o tabagismo, entre outros hábitos nocivos a saúde.

O médico urologista atende em Antônio Prado, todas as quintas-feiras, no Centro Clínico São José. Consultas podem ser agendadas pelo telefone (54) 3293-4580 ou 3293-4590.

Acompanhe a entrevista na íntegra, abaixo:

Fonte: Repórter Taís Vargas


Opnião dos Leitores

Deixe uma Resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *