Faixa Atual

Título

Artista


UCS vai criar remédio para tentar anular a ação da Covid-19

Escrito por em janeiro 5, 2021

O antiviral, que ainda está em fase de pesquisas, recebeu o aval do Governo Federal

A Universidade de Caxias do Sul (UCS) vai usar biotecnologia para criar um medicamento antiviral que visa anular a ação da Covid-19 sobre os infectados pela doença. A equipe responsável, liderada por Sidnei Moura, analisará enzimas e proteínas que interajam com o RNA ou o DNA do vírus. As mais eficientes serão selecionadas e, a seguir, testes em laboratório avaliarão a eficácia prática da ação das moléculas contra o vírus, podendo gerar assim um novo medicamento.

Moura, que também é coordenador do programa de pós-graduação em biotecnologia da UCS, acredita que não será uma única molécula que será capaz de matar o vírus, mas que a tendência é que desenvolvam um coquetel com duas, três ou até quatro moléculas.

O trabalho foi selecionado pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES), vinculada ao Ministério da Educação (MEC), no Edital de Combate a Epidemias.

Universidade também trabalha em outras frentes de ação científica

A UCS vem atuando fortemente em pesquisas relacionadas ao combate do coronavírus desde o início da pandemia. Um dos campos de análise é a combinação entre a biotecnologia e a medicina veterinária para que se possa descobrir uma possível contaminação dos animais domésticos pela COVID-19.

Em outra pesquisa, os cientistas querem desenvolver soluções inovadoras e mais baratas que permitam realizar o diagnóstico da doença com mais rapidez e mais eficácia.

Já uma outra linha investiga a possibilidade de se criar uma espécie de ‘sensor orgânico’ que possa identificar automaticamente os indivíduos contaminados.


Opnião dos Leitores
  1. Jorge Luiz Costa de Souza   Em   janeiro 7, 2021 em 6:32 pm

    Enquanto nossos cientistas trabalham dia e noite em busca de novos medicamentos, vacinas e tecnologias, a cúpula do governo faz o inverso. Retira dinheiro da ciência e tecnologia, da pesquisa, da educação, enfim, faz o que fez desde o início, desgoverno. Lamentável, e pior, todo mundo só assiste!

Deixe uma Resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *