Faixa Atual

Título

Artista


Transplante de medula é bem sucedido, mas o menino Arthur ainda precisa de ajuda

Escrito por em maio 21, 2022

Com nove anos, este garoto está superando a leucemia, mas família ainda precisa de recursos financeiros

Após cinco anos de muita luta, o menino Arthur, de nove anos, passou por um transplante da medula óssea. A chance de uma nova vida para o pequeno foi concretizada em 11 de abril de 2022. A família, moradora de Caxias do Sul, relata que foram muitos os momentos de angústia e sofrimento na fila da cirurgia, a procura de um doador 100% compatível, que por fim apareceu. Entretanto, com os altos custos para manter o menino internado no Hospital da Clínicas, em Porto Alegre, e para manter seus outros dois filhos, o pai e a mãe pedem mais uma vez o apoio da comunidade.

Com a tão esperada fixação da medula, o maior desafio foi vencido. Entretanto, conforme conta a mãe Simone, novos imprevistos surgiram. Internado a 50 dias no hospital, e com baixa imunidade, Arthur pegou um fungo no pulmão e também o citomegalovírus, além de já ter superado o coronavírus.

Com a necessidade do menino permanecer internado por tempo indeterminado, e em função dos gastos necessários para adaptar a casa para o retorno de Arthur, a família está aceitando doações. O pai é o único integrante da família que trabalha e não dá conta de arcar com as despesas que incluem o aluguel da residência e dois filhos menores.

A mãe está acompanhando o filho na Capital, sem condições de trabalhar. A família aguarda na fila do INSS há nove meses.

O depósito de qualquer quantia pode ser feito através do PIX 006 818 460 38 em nome de Simone dos Santos Rocha Tappero. Ela também disponibilizou seu celular para mais informações: (54) 9 9282-0050.

A família do pequeno (e grande) Arthur agradece a todos que puderem ajudar compartilhando o seu pedido de ajuda ou doando qualquer valor.

Fotos: Acervo familiar/Simone Tappero


Opnião dos Leitores

Deixe uma Resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *