Faixa Atual

Título

Artista


“Trânsito é uma parte importante nas cidades, por vezes deixado de lado”, diz especialista em Gestão do Trânsito

Escrito por em janeiro 8, 2021

Giovani Fiorese concedeu entrevista à Rádio Solaris 97.3 nesta sexta-feira (08)

A chegada do asfalto em vias de Antônio Prado, um velho pedido da própria população, certamente poupou os gestores públicos de muitas críticas sobre as condições das vias, porém, um novo tema surgiu com intensidade: as ciclofaixas e os estacionamentos.

Nesta sexta-feira (08), o especialista em Processos Gerenciais com Gestão do Trânsito, Giovani Fiorese, concedeu entrevista à Rádio Solaris 97.3 visando elucidar aos motoristas as informações sobre as possibilidades de estacionamento e tráfego dentro do que a legislação aponta.

Conforme Giovani, “o trânsito não para e precisa ser debatido e pensado, pois muitas mudanças ocorrem”. Uma das polêmicas diz respeito às rotatórias, onde a Lei Federal aponta a preferência para o motorista que está fazendo o movimento de circular a própria rotatória, porém, por questões culturais, isso não ocorre em Antônio Prado, principalmente nas vias centrais, onde a preferência é de quem segue pela via. É importante salientar que a atitude é errada, pois a preferência é de quem está na rotatória.

Ciclofaixa e estacionamento

Nas últimas semanas, houve mudança de sinalização nas vias pradenses que receberam o asfaltamento. Na Sete de Setembro, por exemplo, tem sido visto o estacionamento de veículo em local inadequado, sobre a ciclovia.

Giovani explica que existem locais com duas linhas brancas, à esquerda uma tracejada e, em seguida, outra contínua. Nesse local, os motoristas podem estacionar. Após a linha branca contínua, existe uma linha vermelha, identificando o início do espaço destinado especificamente às bicicletas. Nesse ponto, foram instalados tachões, conhecidos também como tartarugas, para identificar espaço exclusivo. Ou seja, ao estacionar neste local, os motoristas estarão infringindo a legislação.

A definição das linhas e dos locais para a ciclofaixa, Giovani destaca que está dentro da lei e visa dar “maior segurança para ciclovias e pedestres”.

Os motoristas e caroneiros devem ter atenção especial ao estacionar o veículo e abrir a porta, para que um acidente não seja ocasionado. O especialista cita que, na Europa, existe uma legislação que orienta o motorista a abrir a porta com a mão direita e não a esquerda. Isso faz com que, automaticamente, a pessoa faça um movimento de girar o corpo e olhar para trás, podendo observar se não há nenhuma movimentação. Já o caroneiro, abre a porta com a mão esquerda, fazendo o mesmo movimento.

Diferença entre Ciclovias e Ciclofaixas

 São definidas como ciclovias o espaço que fica separado da via principal. Já as ciclofaixas, como é o caso de Antônio Prado, faz parte da pista.

Fonte: https://www.viagensecaminhos.com/2017/06/antonio-prado.html

Fonte: Grupo Solaris – Repórter Luiz Augusto Filipini


Opnião dos Leitores
  1. Paulo Roberto Andrighetti   Em   janeiro 8, 2021 em 12:43 pm

    Quando foram feitos aqueles canteiros nós cruzamentos,as polentas, não foi para fazer rotatória. E não é rotatória. Pelo menos quem fez, não disse que seria uma rotatória. Já que ele é especialista, poderia rever o estacionamento oblíquo nós cruzamentos, e poderia também, trabalhar para fazer asfalto até a frente do edifício ipê e colocar sinaleiras no cruzamento do posto Ipiranga. Poderia rever a sinalização em muitos lugares.

    • Paulo Roberto Andrighetti   Em   janeiro 8, 2021 em 12:47 pm

      Quanto as ciclofaixas, a cidade não pode abrir mão do estacionamento. As ciclofaixas deveriam ficar só para o final de semana. Aliás não deveriam ter sido feitas. A rua é muito estreita.

Deixe uma Resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *