Faixa Atual

Título

Artista


“Tivemos uma baixa significativa”, diz Assistente Social sobre doações de sangue no Hemocentro Regional de Caxias do Sul

Escrito por em março 24, 2021

Instituição atende seguindo os protocolos de segurança contra a Covid-19

Devido à pandemia da Covid-19, os estoques de sangue em todo o Brasil têm registrado queda, gerando preocupação para os Hemocentros e Ministério da Saúde, que inclusive realiza campanhas visando estimular a doação.

No Hemocentro Regional de Caxias do Sul, conforme Rafael Moreira, Assistente Social e integrante do setor de captação de doadores, houve uma baixa significativa de doações desde o início da pandemia. Os estoques estão baixos desde junho do ano passado. Dessa forma, visando suprir a necessidade, as equipes tem entrado em contato com os doadores e realizado campanhas nas redes sociais e com instituições sociais.

O Hemocentro atende a 49 municípios da região da Serra Gaúcha, contemplando cerca de 1,3 milhão de habitantes e 16 hospitais.

Diariamente, são cerca de 50 coletas. Visando dar segurança aos doadores, o Hemocentro criou um comitê específico para questões sanitárias e orientações. Atualmente, o número de poltronas foi reduzido de seis para quatro.

Para pessoas recentemente vacinadas contra a Covid-19, existem, conforme Rafael, algumas orientações. Quem recebeu o imunizante Coronavac, é necessário aguardar 48h para realizar a doação. Já quem recebeu a vacina de Oxford/AstraZeneca, é necessário aguardar sete dias para doar sangue.

Atualmente, os tipos sanguíneos mais necessários são O+ e O-.

Para evitar aglomerações, o Hemocentro atende com horário agendado. Os agendamentos são realizados pelo 3290 4543 ou através do WhatsApp (54) 9 8418 8487. A instituição atende de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h. Às segundas e quartas, o atendimento vai até às 19h e aos sábados até o meio-dia.

Critérios para ser doador

Para doar sangue, é preciso estar ao menos a 28 dias sem sintomas gripais, pesar ao menos 50kg, dormir pelo menos seis horas no dia anterior à doação, não estar em jejum, evitar alimentos gordurosos, ter de 16 a 59 anos para a primeira doação – pessoas de 16 e 17 anos precisam de autorização, para que já doou, novas doações podem ocorrer até os 69 anos, é preciso evitar também, o consumo de bebidas alcoólicas.

Confira a entrevista completa

Fonte: Grupo Solaris – Repórter Luiz Augusto Filipini


Opnião dos Leitores

Deixe uma Resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *