Faixa Atual

Título

Artista


“Tem que entregar mais do que promessas”, diz consultor de campanha sobre eleições 2020

Escrito por em agosto 10, 2020

Elton Pires foi entrevistado na programação da Rádio Solaris 97.3

O ano de 2020 será de mudanças no processo eleitoral, seja nas coligações, que já não serão mais possíveis para vereadores, ou pelas restrições e cuidados com a pandemia da Covid-19.

Conforme Elton Pires, consultor de campanha e pesquisador, as tradicionais conversas dos candidatos com a população, fazendo alguma promessa, não tem mais espaço. “O candidato tem que entregar mais, não adianta chegar com promessas, a população está cansada disso”.

Existem algumas tendências, destacadas por Elton, que serão vistas no pleito eleitoral de 2020. Entre elas, a menor taxa de votantes na população da terceira idade. “A tendência é de não votarem ou com menos intensidade”. Isso devido ao público acima de 60 anos ser um dos grupos de risco na pandemia.

Elton destaca seis características fundamentais para os candidatos, são elas: ser conhecido, identificado, comparado, escolhido, lembrado e votado.

O que o eleitor quer saber atualmente?

De acordo com o consultor, o eleitor busca cada vez mais fazer as seguintes perguntas para tomar a decisão em quem votar.
Quem é você? (candidato)
O que você pensa sobre determinados temas que são importantes para nossa sociedade?
Como você vai resolver os problemas?
“Não adianta mais promessas”, enfatiza Elton.

Para que seja possível responder as questões que o eleitorado busca, o candidato precisa ter autoridade, defender uma causa e ter uma boa comunicação.

Utilização das redes sociais

“Rede social não garante sua eleição, mas pode garantir sua não eleição”, diz Elton Pires ao se referir aos conteúdos que os políticos disseminam através das suas redes sociais e a reputação que é passada para o público votante.

Prazos

A deliberação sobre coligações e a escolha de candidatos a prefeito, vice-prefeito e vereador — que aconteceriam de hoje até 5 de agosto — passaram para o período de 31 de agosto a 16 de setembro. Já o prazo para o registro de candidaturas, que acabaria em 15 de agosto, terminará no dia 26 de setembro. A partir das escolhas em convenção, os candidatos já podem apresentar os pedidos de registro à Justiça Eleitoral.

Os horários de votação ainda não estão definidos. Normalmente ocorrendo das 8h da manhã às 17h, existe a possibilidade de ampliação para evitar aglomerações.

O Tribunal Superior Eleitoral decidiu excluir a biometria das eleições 2020, tendo em vista o risco de contágio da Covid-19.

Fonte: Grupo Solaris – Repórter Luiz Augusto Filipini.


Opnião dos Leitores

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *