Faixa Atual

Título

Artista


Solicitação de seguro-desemprego tem redução de 19% em outubro na comparação com igual mês do ano passado

Escrito por em novembro 10, 2020

Dados são da Fundação Gaúcha do Trabalho e Ação Social

O Rio Grande do Sul registrou 27.133 solicitações de seguro-desemprego em outubro de 2020, dos quais 13.803 foram recebidas presencialmente nas Agências FGTAS/Sine e 12.792, pela internet. O total representa queda de 19,2% em comparação igual período de 2019.

Veja o perfil dos solicitantes:

Sexo

• 57,5% homens
• 42,5% mulheres

Faixa etária

• 31,9%, de 30 a 39 anos
• 20,3%, de 40 a 49 anos
• 18,7%, 25 a 29 anos
• 18%, 18 a 24 anos
• 10,7%, 50 a 64 anos

Escolaridade

• 53% com Ensino Médio completo
• 13,3%, Ensino Fundamental completo
• 6,7%, Superior completo

Setor econômico

• 37,8% atuava no setor de serviços
• 28,4%, no comércio
• 22,8%, na indústria
• 7,2%, na construção
• 3,7%, na agropecuária

Remuneração

• 33,8% dos requerentes recebiam entre 1 e 1,5 salário mínimo
• 29%, de 1,5 a 2 salários mínimos
• 17,1%, de 2 a 3 salários mínimos
• 11,8%, até 1 salário mínimo

Pedidos neste ano

• 364.400 solicitações de seguro-desemprego de janeiro a outubro de 2020
• 7,5% a mais na comparação com igual período de 2019
• 191.092 encaminhadas presencialmente nas Agências FGTAS/Sine
• 173.308, pela internet

Como solicitar o benefício

Os trabalhadores podem realizar o encaminhamento do seguro-desemprego, após sete dias da dispensa, pela internet (através do aplicativo Carteira de Trabalho Digital ou do portal www.gov.br) ou presencialmente, na Agência FGTAS/Sine mais próxima, mediante agendamento.

O seguro-desemprego é um auxílio financeiro temporário concedido ao trabalhador desempregado demitido sem justa causa. Consiste no pagamento de três a cinco parcelas que vão de R$ 1.045 a R$ 1.813,03.

Fonte: Governo do RS


Opnião dos Leitores

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *