Faixa Atual

Título

Artista


Sol e ânsia de sair de casa motivaram muitas pessoas a irem a parques de Caxias do Sul neste domingo

Escrito por em abril 20, 2020

Reportagem da Solaris 99.1 FM esteve percorrendo o parque dos Macaquinhos durante a tarde. Muitos não usavam máscaras

Embora as restrições com o coronavírus e com mais de 40 casos confirmados em Caxias do Sul e com decretos para evitar aglomerações e respeitar o isolamento social, o que se via em parques da cidade neste domingo ensolarado e com temperatura agradável eram muitas famílias, casais e pessoas que aproveitaram o tempo bom o desejo de sair de casa para passear, caminhar, tomar um chimarrão, namorar ou até mesmo levar os filhos para brincar.

Parques como o Jardim Botânico, a Lagoa do Desvio Rizzo e dos Macaquinhos (o Cinquentenário está fechado) foram bem frequentados. Neste último, a reportagem da Rádio Solaris 99.1 FM foi conferir com algumas pessoas o motivo que as levaram a ir ao parque desrespeitando a quarentena. Enquanto um grupo jogava bola na quadra de futsal, outros aproveitavam para se exercitar como caso da gerente comercial Michele Duarte, 32 anos, acostumada com atividades físicas. “Venho sempre sozinha, mas me cuido bastante e procuro não me aproximar das pessoas. Vejo que muitos não estão conscientes do problema, mas aqui no parque venho porque não há muita aglomeração e sinto falta de me exercitar”, explica.

Alguns aproveitaram para andar de bicicleta e caminhar

Outros levaram a filha para brincar como o caso do metalúrgico Igor Reis, 29, que levou a Larissa de 8 anos para se divertir. “Ela fica muito entendiada em casa, sente falta dos amigos da escola e não larga o celular. Então aproveitei este dia de sol para sair um pouco, mas procuramos nos cuidar usando máscaras e com medo do que está por vir”, afirma.

Igor levou a filha Larissa para brincar no parquinho

Para Fernando Martins, 43 anos, e a esposa Andréia Graneto, 45, o sol e o tédio de ficar só em casa sem poder ver amigos e passear, os levou a sair para o parque dos Macacaquinhos neste domingo. “Acho que não devemos pensar só na gente, mas ter os cuidados necessários com o próximo também”, diz o coordenador comercial, que voltou ao trabalho nesta segunda-feira, dia 20, após 40 dias em casa. A companheira, ao contrário, vai ficar mais alguns dias trabalhando em casa. “Temos que aguentar. Esta pandemia vai passar, mas depende da consciência de cada um”, diz a auxiliar administrativa. O casal era um dos poucos que estava fazendo uso de máscara no parque dos Macaquinhos.

Fernando e Andréia eram um dos poucos a usar máscara

Já Rosimere Prado, 42 anos, dona de casa, resolveu levar a família toda para o parque, o marido, o filho e a neta para passear e andar de bicicleta. “Não aguentava mais ficar em casa. Muito entediada. Mais um pouco ia enlouquecer”, diz Rosimeri, que a exemplo dos familiares sente falta das amigas para conversar e da vida social.

Fotos: Rogério Costanza/Grupo Solaris

Rosimere a família no parque dos Macaquinhos
Alguns jogavam futebol na quadra de esportes
Pais levaram os filhos para brincar no parquinho

Opnião dos Leitores

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *