Faixa Atual

Título

Artista


Secretaria da Saúde Flores da Cunha pretende imunizar cerca de 7 mil pessoas contra a gripe

Escrito por em março 22, 2020

Campanha Nacional de Vacinação inicia nesta segunda-feira. Idosos e profissionais da saúde têm preferência

Inicia nesta segunda-feira, dia 23, a Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza se estendendo até 22 de maio. Os primeiros 25 dias vão ser exclusivamente para os idosos (a partir de 60 anos) e profissionais da saúde. A meta em Flores da Cunha é vacinar 7.011 pessoas. A imunização contra o vírus que causa a gripe (Influenza A-H1N1, Influenza A-H3N2 e Influenza B) será feita em três etapas conforme a regulamentação do Ministério da Saúde:

· A partir do dia 23 de março: Idosos (acima de 60 anos) e trabalhadores da saúde;

· A partir do dia 16 de abril: professores de escolas públicas e privadas, profissionais das forças de segurança e salvamento e portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais;

· A partir do dia 9 de maio: crianças de seis meses até 5 anos e 11 meses, gestantes, puérperas, povos indígenas, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos sob medidas socioeducativas e população privada de liberdade;

Em Flores da Cunha as doses vão estar disponíveis em todas as Unidades Básicas de Saúde, e na estrutura especial montada pela prefeitura na área central, nas antigas salas do Conselho Tutelar, na Rua Rua John Kennedy, nº 2150, em Frente o Centro de Saúde Irmã Beneditta Zorzi (foto). A prefeitura solicita que os idosos procurem as UBSs mais próxima da sua casa evitando o Centro de Saúde.

CONFIRA O ENDEREÇO DOS POSTOS DE SAÚDE DE FLORES DA CUNHA

Sala Especial de Vacinação no Centro: na Rua Rua John Kennedy, nº 2150, em Frente o Centro de Saúde Irmã Beneditta Zorzi. Horário de atendimento: 8h às 11h30 e das 13h15 às 17h15, de segunda a sexta-feira

Uma Sala Especial foi preparada em frente ao Centro de Saúde para receber os idosos

Unidade de Saúde do Bairro União – ( Rua Anúncio Curra nº 3479 – (54) 3292. 4736). Horário de atendimento: 8h às 12h e das 13h às 17h, de segunda a sexta-feira.

Unidade de Saúde do Bairro São Pedro (Av. 25 de Julho _ Pórtico de acesso sul – (54) 3292.6900) – horário de atendimento: das 8h às 12h e das 13h às 17h, de segunda a sexta-feira.

Unidade de Saúde de Otávio Rocha (Rua Uva Sémillon, 140 – (54) 3279.1320) – horário de atendimento: das 8h às 12h e das 13h às 17h, de segunda a sexta-feira.

Unidade de Saúde de Mato Perso – (Subprefeitura- (54) 3292.2249)- horário de atendimento: das 8h às 12h e das 13h às 17h, de segunda a sexta-feira.

Unidade de Saúde de Nova Roma (Rua das Rosas, 3.500 – (54) 3297.3259) – horário de atendimento: das 8h às 12h e das 13h às 17h, de segunda a sexta-feira.

Unidade de Saúde de São Gotardo (junto à passarela da RS-122 – (54) 3292.7056) horário de atendimento: 8h às 12h e das 13h às 17h, de segunda a sexta-feira.

Em Nova Pádua

A campanha em Nova Pádua serão aplicadas 150 doses neste primeiro lote. De acordo com o Secretário da Saúde, Rafael Martello, na quarta-feira, dia 25, o Município estará recebendo um segundo lote de vacinas. As mesmas serão aplicadas na Unidade Sanitária Dom Henrique Gelain, de segunda a sexta-feira, das 7h30min às 11h45min e das 13h30min às 17h30min.

De acordo com o Diretor de Saúde Pública e Vigilância Sanitária, Paulo Paliosaos profissionais de saúde estarão na área externa do posto de saúde orientando à população quanto ao cominho que deve ser feito para realizar a vacina. “É recomendado que os idosos se desloquem até o Posto de Saúde de carro, onde contornarão o posto de saúde passando pela entrada onde ficava estacionada a ambulância. Neste local, onde normalmente fica a ambulância, os pacientes receberão a vacina”, destaca Paliosa, que pede aos idosos que usem roupa de manga curta ou regata e, se tiver mais frio, um casaco para agilizar a aplicação da vacina, todo esse processo de vacinação será pela área externa da UBS.

Esta é a 22ª edição da campanha de vacinação, que neste ano foi antecipada devido à pandemia do novo coronavírus (Covid-19), mesmo essa vacina não prevenindo contra a doença. Com isso, pretende-se proteger a população contra a influenza, além de minimizar o impacto sobre os serviços de saúde. Destaca-se que os sintomas da gripe são semelhantes aos do coronavírus e essa antecipação visa reduzir a carga da circulação de influenza na população.

Recomendação é que os idosos procurem a UBS mais próxima da sua residência

Opnião dos Leitores

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *