Faixa Atual

Título

Artista


Secretaria da Saúde de Antônio Prado divulga comunicado sobre vacinação da Covid-19

Escrito por em janeiro 15, 2021

Município segue aguardando a definição sobre a distribuição do imunizante

Nesta sexta-feira (15), a Secretaria Municipal da Saúde de Antônio Prado divulgou comunicado sobre a vacinação da Covid-19. Nesta sexta, às 23h, o avião da empresa aérea Azul parte de Recife com destino à Mumbai, na Índia, onde serão buscadas duas milhões de doses da vacina.

Conforme o comunicado, “de acordo com as informações que estão circulando na mídia referente à vacinação da Covid-19, a Secretaria Municipal da Saúde de Antônio Prado vem informar a população que todas as providências e esforços estão sendo tomadas dentro da competência. Porém, até o momento, não dispomos de informações técnicas do Ministério da Saúde sobre a normatização da aplicação da vacina à população, definição sobre data de chegada e/ou quantitativos a serem recebidos nesta primeira entrega. Sendo assim, nesse momento em que recebermos estas informações de forma oficial, divulgaremos de forma ampla à toda população”.

No Rio Grande do Sul, as doses da vacina devem chegar por meio do Aeroporto Internacional de Porto Alegre e então serem destinadas ao Centro Estadual de Vigilância em Saúde (Cevs). De lá, as doses seriam dividias e partiriam para as coordenadorias regionais de saúde, responsáveis por enviar os lotes do imunizante aos municípios.

Em relação às agulhas e seringas, a SES terminou 2020 com um estoque de 4,5 milhões de seringas, e foram adquiridas, por registro de preços, mais 10 milhões de seringas agulhadas. A entrega desses insumos aos municípios será escalonada e integrada com a distribuição da vacina. 

De acordo com o Plano Nacional de Imunização, os grupos prioritários para a campanha são profissionais na linha de frente em contato direto com o vírus, como pessoas que trabalham em Unidades de Tratamento Intensivo (UTI), centros de triagem e Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu); idosos em lares de longa permanência; idosos fora desses lares escalonados por faixa etária (mais de 80 anos; de 75 a 79 anos; de 70 a 74 anos); indígenas e quilombolas. A estimativa é que cerca de 1 milhão de pessoas façam parte dessas populações.

Fonte: Grupo Solaris – Repórter Luiz Augusto Filipini com informações da Secretaria Municipal da Saúde de Antônio Prado


Opnião dos Leitores

Deixe uma Resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *