Faixa Atual

Título

Artista


Rio Grande do Sul identifica primeiro caso de codetecção de influenza e coronavírus

Escrito por em janeiro 6, 2022

O caso trata-se de um homem de 21 anos de Porto Alegre

O Laboratório Central do Estado (Lacen/RS) confirmou o primeiro caso de codetecção simultânea dos vírus influenza e coronavírus. Trata-se de um homem de 21 anos residente de Porto Alegre, que apresentou sintomas gripais leves e não precisou de hospitalização. Situações desse tipo atentam para que sejam mantidas as medidas de prevenção à gripe e à Covid-19: Uso de máscara, distanciamento interpessoal e vacinação contra ambas.

Neste caso identificado, a pessoa foi atendida em 23 de dezembro na capital, apresentando dor no corpo, dor de cabeça e febre. Na mesma data regressou para casa. Ela não tem comorbidades e o resultado confirmatório de RT-PCR saiu no dia 28. Investigações posteriores apuraram que o homem realizou apenas uma dose da vacina contra Covid-19 em setembro do ano passado e não completou o esquema de duas doses. Ainda está em apuração a situação vacinal do homem contra a gripe.

O tipo de vírus da gripe detectado no homem foi o influenza A-H3N2, um dos que compõem a vacina anual da gripe, por isso uma das medidas de prevenção indicada pela Secretaria da Saúde (SES) é a imunização. Mesmo após a realização da campanha, que ocorreu entre abril e julho do ano passado, a vacinação segue disponível nos municípios que ainda têm doses em estoque. Aqueles onde não há mais podem solicitar novos lotes ao Estado. Todas as pessoas acima dos seis meses podem ser vacinadas.

Desde o início de dezembro, o Lacen/RS já identificou 116 casos de influenza A-H3N2, incluindo entre eles dois óbitos (em residentes de Porto Alegre e São Francisco de Paula) e esse de codetecção com o coronavírus.

Fonte: Governo do RS

Marcado como

Opnião dos Leitores

Deixe uma Resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *