Faixa Atual

Título

Artista


Rio Grande do Sul: Arrecadação de ICMS e indicadores econômico-fiscais têm desempenho positivo em março

Escrito por em abril 13, 2021

A arrecadação de ICMS indicou o oitavo mês consecutivo de variações positivas

A 34ª edição do boletim sobre os impactos da Covid-19 nas movimentações econômicas dos contribuintes de ICMS do Rio Grande do Sul, divulgada na segunda-feira (12) pela Receita Estadual, destaca o desempenho positivo na arrecadação do ICMS e nos principais indicadores econômico-fiscais do Estado ao longo de março.

A arrecadação de ICMS indicou o oitavo mês consecutivo de variações positivas. Em março de 2021, o resultado de R$ 3,36 bilhões foi 9,5% (R$ 290 milhões) superior a março de 2020. Com isso, a arrecadação acumulada em 2021 é de R$ 10,4 bilhões, aumento de R$ 502 milhões em relação ao período equivalente anterior (5,1%). Na visão dos últimos 12 meses, a arrecadação total é de R$ 38,67 bilhões – queda de R$ 967 milhões frente aos 12 meses imediatamente anteriores (-2,4%).

Os melhores resultados percentuais ocorreram nos setores de Metalmecânico (92,8%), Polímeros (78,4%) e Móveis e Materiais de Construção (31,5%). As maiores quedas na arrecadação foram verificadas nos ramos de Calçados e Vestuário (-24,8%), Bebidas (-22,1%) e Combustíveis e Lubrificantes (-13,6%).

Na visão das vendas por atividade, a Indústria, o Atacado e o Varejo registraram variações positivas ao longo do mês (frente a março de 2020). Os desempenhos foram, respectivamente, de 39%, 32,3% e 17,5%, consistindo nos melhores resultados comparativos para as três atividades. 

Com isso, os indicadores acumulados desde o início das medidas de quarentena (16 de março de 2020 a 31 de março de 2021) agora são de 11,3%, 6,5% e 0,2%. Essa também é a primeira vez que as três atividades computam variações positivas acumuladas ao final de um mês.

A Indústria, em seu décimo mês consecutivo positivo, computou variação de 39% em março, após variar 19,2% em janeiro e 33,1% em fevereiro. As áreas Metalmecânica, Agroindústria, Plásticos e Combustíveis foram as principais responsáveis pela influência no resultado expressivo da atividade.

Fonte: Governo do RS


Opnião dos Leitores

Deixe uma Resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *