Faixa Atual

Título

Artista


Resultados da Consulta Popular 2020 COREDE Serra

Escrito por em novembro 9, 2020

Agricultura Familiar e Turismo foram vencedores

Treze municípios ultrapassaram a cláusula de barreira imposta pela Comissão Estadual da Consulta Popular 2020 na qual os municípios deveriam obter, pelo menos, 2% de votos do total de seus eleitores para serem classificados para obtenção de recursos da CP 2020.

A votação total, nos 32 municípios, alcançou 8.243 votos assim distribuídos em cada projeto:

1 – Agricultura Familiar = 4.502 votos

2 – Turismo = 3.099 votos

3 – Indústria = 597 votos

No apoio à agricultura familiar os dois municípios vencedores foram: Guabijú e União da Serra que dividirão R$ 314.285,72. Os projetos serão apresentados pelas Prefeituras, com apoio técnico da Emater. Desse valor, 50% dos recursos serão pagos pelo Governo em 2021 e o restante em 2022.

No apoio ao turismo foi vencedor o projeto de âmbito regional, para implantação em 2021, do Observatório Regional do Turismo que registrará dados de oferta e demanda turística dos 32 municípios do COREDE Serra. Para tal implantação o Governo alocará o valor de R$ 157.142,86. Este Observatório deverá contar com Governança que envolverá Prefeituras e representação do G30, sob coordenação da Secretaria Estadual de Desenvolvimento e Turismo.

Em 2022, receberão recursos para infraestrutura turística os três municípios vencedores: Pinto Bandeira, Santa Tereza e Veranópolis. Cada município receberá R$ 52.380,95.

A homologação destes resultados ocorreu em reunião de Diretoria e Delegados da CP 2020 desta região os quais cumprimentam os municípios vencedores e destacam a importância dos recursos da Consulta Popular para dar concretude a importantes projetos de desenvolvimento dos municípios e da região. Convida a todos para se mobilizarem para a Consulta Popular de 2021.

A Presidente do Corede Serra, professora Monica Mattia, lembra que, a CP de 2019, viabilizará a implantação do Observatório Regional das Cidades agregando dados econômicos, sociais, ambientais, da saúde, educacionais, de segurança, de mobilidade, de planejamento, de capital intelectual, de uso de tecnologias pelos 32 municípios do COREDE Serra. Este Observatório, a ser executado pelo PPGA da UCS, em convênio com a Secretaria Estadual de Inovação, Ciência e Tecnologia, terá Governança conjunta com o Inova RS – Serra e Hortênsias.

Monica destaca a relevância do Observatório das Cidades (CP 2019) e do Observatório do Turismo (CP 2020) os quais criarão possibilidade do uso da inteligência artificial para a interpretação e análise dos inúmeros dados disponibilizados em plataformas específicas, influenciando decisões empresariais e políticas públicas.

Outro projeto de âmbito regional trata da implantação do Circuito Integrado de Turismo da Serra Gaúcha (CP 2019), visando constituir estratégias que promovam, conjuntamente, na esfera nacional e internacional, os distintos produtos turísticos da Região da Uva e Vinho, do Termas e Longevidade, dos Cânions, das Hortênsias e do Patrimônio Histórico. Os projetos que

beneficiam os municípios, individualmente, também são grandes conquistas para os setores produtivos.

Ainda lembrar que o COREDE Serra apresentou recurso para anular o critério regional de exigência de 1% de votos da região em cada projeto que exigiria cerca de 7.000 votos em cada projeto. A expectativa é que Comissão Estadual aceite o recurso, mantendo o resultado divulgado. A Comissão Estadual se reunirá nesta segunda-feira, às 16:30 horas, sob liderança do Secretário Estadual Cláudio Gastal.

Entendendo a classificação dos municípios em cada projeto

1 – Ultrapassar a cláusula de barreira imposta pela Comissão Estadual da CP: cada município deveria ter, no mínimo, 2% de votos do total de eleitores. 13 municípios se classificaram e passaram a disputar os recursos dos projetos.

2 – Para verificar municípios vencedores em cada projeto: Calculou-se o percentual de votos do município, no projeto eleito, em relação ao total de eleitores.

3 – O critério de classificação:

– Na Agricultura Familiar foram beneficiários os dois municípios com maior percentual de votos em relação ao total de eleitores.

– No Turismo foram beneficiários os três municípios beneficiários com maior percentual de votos em relação ao total de eleitores.


Opnião dos Leitores

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *