Faixa Atual

Título

Artista


Resultado orçamentário efetivo de 2019 apresenta déficit de R$ 3,2 bi

Escrito por em fevereiro 5, 2020

Panorama fiscal do Estado se mantém deficitário, com alta proporção de gastos obrigatórios

A receita total efetiva do Estado apresentou, em 2019, aumento de R$ 1,6 bilhão comparado ao mesmo período de 2018. Passou de R$ 42,9 bilhões para R$ 44,5 bilhões – crescimento de nominal de 3,8%.

As despesas efetivas passaram de R$ 45,8 bilhões, em 2018, para R$ 47,7 bilhões em 2019, elevação de 4,2%. Dessa forma, o resultado orçamentário efetivo de 2019 fechou com déficit de R$ 3,2 bilhões.

Os dados foram apresentados pelo secretário da Fazenda, Marco Aurélio Cardoso, na terça-feira (4). O cálculo de déficit retira valores meramente contábeis, como as transferências de ICMS e IPVA para os municípios e os registros dos repasses entre entidades do próprio governo.

A Receita Tributária Bruta do Estado cresceu 5,2% em 2019, chegando a R$ 45,4 bilhões. O ICMS bruto somou R$ 36,5 bilhões (crescimento nominal de 4,9%). O IPVA bruto foi de R$ 3,1 bilhões (queda nominal de 2%).

As aplicações mínimas da Constituição Federal em Educação (25%) e Saúde (12%) foram cumpridas pelo Estado. Na Educação foram atingidos 27,3% e na Saúde, 12,1% da Receita Líquida de Impostos e Taxas, percentuais similares ao ano de 2018.

Fonte: Grupo Solaris com informações da Assessoria de Comunicação do Governo do RS.

Marcado como

Opnião dos Leitores

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *