Faixa Atual

Título

Artista


Representantes do Conselho Municipal do Idoso divulgam o Junho Violeta

Escrito por em junho 21, 2022

Mês de conscientização sobre a violência contra idosos visa divulgar o trabalho dos Conselhos Municipais, estimular a denúncia e combater a violência nesta faixa etária

Nesta terça-feira (21), em entrevista ao Programa na Medida da Rádio Solaris 97.3 FM participaram o presidente do Conselho Municipal do Idoso, Sadi Macagnan e a assistente social do município, Angélica Pelizzaro para tratar sobre “O Junho Violeta,” mês de conscientização sobre a violência contra idosos.

Macagnan iniciou sua fala divulgando o Conselho Municipal do Idoso criado pela lei 3.054 de 2017 e sobre a importância da conscientização sobre a violência vivida por muitos idosos que as vezes não possuem coragem ou alguém para buscar ajuda e denunciar os maus tratos.

O Conselho possui oito membros, sendo quatro da sociedade civil e quatro representantes governamentais com mandato de dois anos. As reuniões ocorrem no Centro de Referência a Assistência Social (CRAS), Dorvalino Afonso Denalle uma vez ao mês nas segundas-feiras, a partir das 15h30min e é aberto a participação da população.

“A gente sabe que o número de idosos no Brasil e no mundo aumentou muito. É considerado pela legislação idoso a pessoa a partir de 60 anos e a lei que regulamenta este estatuto visa evitar a negligência, violência e assegurar aos idosos o direito a vida, saúde, cultura, entre outras áreas e benefícios,” salienta Pelizzaro.

O presidente orienta que em caso de necessidade ou denúncias o CRAS do município pode ser procurado ou uma denúncia pode ser feita através do Disque 100. “A sociedade as vezes trata o idoso como alguém com poucos direitos e que não pode tomar decisões próprias assim como também existem violências cometidas contra eles como a física, psicológica, ameaças, chantagem, humilhação, abuso econômico como retenção de cartões de banco, empréstimos indevidos, entre outras formas. As pessoas não precisam se identificar na denúncia feita ela pode ser completamente anônima. “No Brasil só no primeiro semestre 35 mil casos de denúncia foram feitos e 50% dos suspeitos relatados eram os próprios filhos, 200 casos eram de netos. A pandemia e o isolamento social infelizmente contribuiu para o aumento destes casos de violência”.

Os representantes finalizam a entrevista destacando que no país 9,5% da população é composta por idosos e em 2050 estimasse que sejam de 26%. A expectativa de vida de homens hoje é de 75 anos e mulheres de 79 anos. Portanto é importante incentivar uma boa qualidade de vida principalmente aos homens idosos que devem praticar exercícios, atividades de lazer, dança e jogos de cartas que estimulem o raciocínio e proporcionem prazer.


Opnião dos Leitores

Deixe uma Resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *