Faixa Atual

Título

Artista


Região de Caxias do Sul segue pela quarta semana seguida em bandeira vermelha

Escrito por em julho 31, 2020

A 13ª rodada do Distanciamento Controlado foi anunciado na noite desta sexta-feira pelo governo estadual

A região de Caxias do Sul que abrange outros municípios da Serra como Flores da Cunha, Antônio Prado, Farroupilha, fica pela quarta semana seguida em bandeira vermelha (alto risco). O anúncio da 13ª rodada do Distanciamento Controlado ocorreu no começo da noite desta sexta-feira (31) pela cooordenadora do Comitê de Dados do governo estadual, Leany Lemos, em transmissão ao vivo pelas redes sociais. Das 20 regiões, 12 foram classificadas com risco epidemiológico alto (bandeira vermelha) e as outras oito com risco médio (laranja) no mapa preliminar. Os municípios e associações têm até às 6h deste domingo (2) para apresentarem pedidos de reconsideração, às bandeiras definitivas que serão divulgadas na segunda-feira (3).

O governo do Estado decidiu incluir, já nesta rodada, ajustes na linha de corte em sete indicadores do modelo, o que impactou na média final de classificação das regiões. Em reunião extraordinária do Gabinete de Crise convocada pelo governador Eduardo Leite, foram definidas mudanças na pontuação de três indicadores que medem a velocidade de avanço da doença, dois que monitoram a incidência (hospitalizações e óbitos) e mais dois de capacidade instalada (leitos livres/leitos Covid).

Além disso, já foi considerado no cálculo o ajuste anunciado na quinta-feira (30), passando a considerar o saldo do número de pacientes recebidos de outras macrorregiões (importados) e os transferidos para fora.

Levando em conta essas mudanças, das oito regiões que já estavam em bandeira vermelha nesta 12ª rodada, apenas Capão da Canoa, depois de seis semanas consecutivas (desde o dia 23 de junho) classificada com alto risco, passou para laranja – como é mudança para bandeira menos restritiva, já vale a partir deste sábado (1º). Assim, permanecem na vermelha Canoas, Caxias do Sul, Novo Hamburgo, Porto Alegre, Taquara, Palmeira das Missões e Passo Fundo.

Quatro regiões – Bagé, Pelotas, Santa Rosa e Santo Ângelo – que nesta semana estavam sob bandeira laranja (risco epidemiológico médio) por terem tido seus recursos acolhidos pelo Gabinete de Crise na última segunda-feira (27) foram novamente classificadas preliminarmente com bandeira vermelha.

As regiões que ficaram com bandeira laranja nesta 13ª rodada, juntamente com Capão da Canoa, são Cachoeira do Sul, Cruz Alta, Erechim, Ijuí, Santa Maria, Santa Cruz do Sul e Uruguaiana.

Sindilojas Caxias

Com o Decreto Municipal nº 21.091, publicado nesta sexta-feira pelo prefeito de Caxias do Sul, Flávio Cassina, o comércio tem a permissão para abrir mesmo em bandeira vermelha, inclusive lojas de Shoppings Centers. “Voltar a abrir as portas e atender os clientes é um alívio para o comércio que vem amargando prejuízos desde março. Acredito que o Decreto tranquiliza comerciantes e funcionários”, ressalta a presidente do Sindilojas, Idalice Manchini. Ela lembra que “essa mudança é essencial porque os prefeitos conhecem a realidade do comércio local e a seriedade em observar os protocolos de saúde no atendimento ao cliente”, argumenta.

O Sindilojas Caxias alerta que os decretos municipais anteriores permanecem em vigor. Assim, shoppings permanecem fechados aos domingos, a entrada de grupos nos estabelecimentos comerciais não será permitida, bem como o uso obrigatório de máscaras. 

As regras da bandeira vermelha aplicadas ao comércio varejista não essencial somente permitiam a atuação via comércio eletrônico, drive thru, take away e a tele-entrega, com 25% dos trabalhadores, como modalidade exclusiva de atendimento para comércio de rua, para shoppings e centros comerciais apenas nos sistemas de tele-entrega e drive thru.  

Fonte: Governo do Estado e Sindilojas

Doze regiões estão com risco alto de contágio

Opnião dos Leitores

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *