Faixa Atual

Título

Artista


“Que tipo de cidade queremos?”, indaga ex-prefeito de Maringá (PR) em palestra virtual na CIC/Caxias

Escrito por em outubro 19, 2020

Sílvio Magalhães foi o convidado da reunião-almoço online desta segunda-feira

“Que tipo de cidade queremos?” O questionamento feito pelo ex-prefeito de Maringá Silvio Magalhães Barros durante sua palestra online na reunião-almoço da Câmara de Indústria, Comércio e Serviços de Caxias do Sul (CIC) desta segunda-feira (19). Ele introduziu pontos do projeto desenhado pelo movimento Mobilização Por Caxias (MobiCaxias) para a Caxias do Sul do futuro: erradicação da pobreza e da fome, saúde e educação de qualidade, água e saneamento básico, empregos e crescimento econômico, inovação, sustentabilidade e adaptação às mudanças climáticas.

Ao falar sobre cidades resilientes e de futuro, Barros reiterou a importância estratégica da governança colaborativa. E o trabalho do MobiCaxias, segundo ele, é um exemplo fantástico de como a governança colaborativa pode construir o futuro. “A governança colaborativa é a coisa mais inteligente que uma cidade pode fazer”, sentenciou.

Silvio Barros, que atualmente é consultor em governanças colaborativas, sustentabilidade, gestão pública e turismo, relatou sua contribuição à formação e consolidação do MobiCaxias, ao trazer para a entidade caxiense a experiência vivida enquanto esteve no Conselho de Desenvolvimento de Maringá, em que trabalhou ativamente em parceria com a sociedade organizada da cidade paranaense. “O MobiCaxias mobilizou, de fato, mais de uma centena de lideranças para atuarem em seis grupos de trabalho, desenhando a cidade que a sociedade caxiense deseja para o futuro, preparando isso em ações, projetos, objetivos estratégicos e indicadores”, mencionou. Neste contexto, lembrou, foi produzida uma agenda como contribuição para os candidatos a prefeito. “Este é um trabalho fantástico, e a CIC teve um papel fundamental para que houvesse uma mobilização real e a partir daí construir uma pauta de discussão”, elogiou.

Silvio Barros abordou também o tema das cidades inteligentes e tecnológicas, as smart cities, que atraem a juventude. “Não existe cidade inteligente sem pessoas inteligentes, em lugar nenhum do mundo. Nossa geração não está familiarizada com as tecnologias da mesma forma que a juventude está”, afirma. Para ele, este é o desafio da colaboração, e a governança colaborativa deveria atrair as lideranças jovens nas questões que envolvem a inovação, a tecnologia e a solução de problemas de forma diferenciada, com paradigmas diferenciados.

Fonte: Ass.Imprensa Prefeit.

Foto: Alessandra Perez/Ass.Imprensa CIC

Presidente da CIC, Ivanir Gasparin comandou a reunião com o ex-prefeito de Maringá

Opnião dos Leitores

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *