Faixa Atual

Título

Artista


Projeto para nova área para canil municipal de Caxias é encaminhado à Câmara de Vereadores

Escrito por em junho 23, 2022

Área do canil deve mais do que dobrar sem gerar custos ao município

Uma negociação em forma de permuta que renderá ao município mais do que o dobro da área cedida na troca, sem geração de qualquer despesa aos cofres públicos. Este é o projeto de aquisição do espaço destinado às futuras instalações do novo canil municipal entregue pelo Executivo, na manhã desta quarta-feira (22), à Câmara de Vereadores de Caxias do Sul. O texto foi encaminhado à presidência da Casa em regime de urgência, com a expectativa de dar celeridade ao início do processo de adequação do novo local para abrigo temporário dos animais resgatados no município, em Linha Luciana, Colônia Sertorina – próximo à Rodovia dos Romeiros.

Pela proposta, em contrapartida à cedência de uma área pública de dois hectares, o município recebe dos atuais proprietários do terreno para onde será transferido o canil – como parte de um espaço maior que será, no futuro, o Parque de Proteção Animal – uma parcela de cinco hectares. Ao todo, mais de 14 áreas foram inspecionadas dentro dos limites territoriais de Caxias do Sul, até que se chegasse àquela considerada ideal.

“Acompanhei várias destas vistorias. Algumas, inclusive, com extremas dificuldades de acesso, o que chegou a me fazer pensar como é que as pessoas iriam até lá para adotar um animal. Foi mais de um ano batalhando. Mas finalmente, acredito que conseguimos uma boa área, com uma boa negociação”, revelou o secretário municipal do Meio Ambiente, João Osório Martins.

Detalhes dos planos para o Parque de Proteção Animal, que inclui o novo canil, foram apresentados aos vereadores e secretários municipais pelo diretor-técnico da Secretaria Municipal do Meio Ambiente (SEMMA), Henrique Gustavo Koch, e pelo coordenador de Proteção Animal, Paulo Bastiani. Entre as possíveis novidades, estará a capacidade de oferecer resgate, tratamento e abrigo para animais de maior porte, como cavalos e mulas.

“É importante que as pessoas entendam que o centro de proteção animal tem que ser apenas um ponto de passagem para os bichos resgatados. O lugar ideal para estes animais são os lares de famílias com condições de adotá-los”, destacou Koch.

Sem gastos para o município

O projeto de aquisição da área do novo canil municipal foi apresentado aos parlamentares pela secretária de Governo Grégora Fortuna dos Passos, em companhia do secretário municipal do Meio Ambiente, João Osório Martins, da vice-prefeita Paula Ioris e do prefeito Adiló Didomenico.

Em sua explanação, o chefe do executivo ressaltou os predicados de sustentabilidade do espaço, que favorece a drenagem de dejetos por gravidade diretamente para a Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) Samuara, que fica nas proximidades. Além da capacidade de atender os requisitos de oferta de área de preservação, como retorno às modificações previstas ou realizadas no local.

“É uma área realmente privilegiada. E próxima ao centro da cidade, que é um aspecto considerado muito importante pela população e vai facilitar as visitas para adoções e também para aproveitar o parque. O principal é a possibilidade de adquirirmos este novo local sem gerar despesa para o município. E futuramente, com a negociação da área do antigo canil, ainda podemos também obter bom resultado”, concluiu Adiló.

Foto – Fábio Campelo


Opnião dos Leitores

Deixe uma Resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *