Faixa Atual

Título

Artista


Procura por gás aumenta, mas revendedores garantem que produto não vai faltar em Flores da Cunha

Escrito por em março 23, 2020

Com a pandemia do coronavírus procura pelo botijão cresceu até 40% em alguns estabelecimentos na cidade

Depois do álcool gel e máscaras médicas descartáveis, outro item começou a ser mais procurado pelos consumidores de Flores da Cunha em função da pandemia do novo coronavírus. O gás de cozinha. A reportagem da Rádio Solaris 99.1 FM entrou em contato com revendedoras de gás na cidade e todos relataram que a procura aumentou, mas garantiram que não haverá desabastecimento.

No varejo, uma explicação que tem sido dada aos consumidores é que o motivo poderia ser uma possível redução do número de funcionários que trabalham na distribuição, por causa do avanço do novo coronavírus no país. “Pode ocorrer uma crise no fornecimento por causa desta redução de funcionários que trabalham com horários reduzidos, mas na nossa revenda está normalizado”, avalia Diego Massoni, dono de revenda em Flores da Cunha.

Porém, a reportagem apurou que também há consumidores comprando mais. “Até o meio-dia de hoje (segunda-feira) o estoque tinha acabado, mas agora de tarde recebemos mais botijões, mas amanhã (terça) vai faltar de novo”, diz Mauro Pedron, proprietário de revenda. Segundo ele, a situação é preocupante e vai continuar assim por mais alguns dias, mas garante que a população não ficará desabastecida. “Acredito que não faltará gás, mas a procura aumentou em 40% nos últimos 10 dias. Amanhã (terça) não sabemos o que vai acontecer”, afirma.

O mesmo pensamento tem André Valiatti. A preocupação dele também é quanto aos cuidados necessários de higienização que a empresa requer com seus funcionários para entregar o produto nas residências. “Pedimos que os consumidores venham pegar o gás na revenda. Para nosso ramo é bem complicado estas medidas do coronavírus, mas procuramos orientar nossos funcionários a trocar de roupa frequentemente, utilizar o álcool mais seguido e evitamos entrar na casa da pessoa”, destaca o proprietário da Val Gás, que também não garante que haverá estoque de gás nesta terça-feira. “As pessoas estão consumindo mais gás porque estão cozinhando mais, preparando chimarrão em casa, por exemplo. Hoje (segunda) de manhã compramos 700 botijões e foram todos”, salienta.

Revendedores garantem que não haverá desabastecimento de gás na cidade

Opnião dos Leitores

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *