Faixa Atual

Título

Artista


Procon de Antônio Prado realizou mais de mil atendimentos em 2019

Escrito por em janeiro 7, 2020

Muitos problemas são resolvidos sem a abertura de protocolo.

Em 2019, o Procon de Antônio Prado recebeu 1.204 atendimentos. As questões são sempre variadas. Algo que chama a atenção, segundo informações repassadas pelos profissionais, é que muitos problemas são resolvidos e orientados sem a necessidade de abertura de protocolos.

Segundo dados nacionais de agosto de 2019, relacionados ao mês de julho, o setor de telecomunicações foi campeã de reclamações.

Os serviços que englobam telefonia, internet e TV por assinatura, à época, receberam 24.297 queixas.

Durante todo o ano, o Procon pradense, seguindo a tendência nacional, registrou as principais reclamações às empresas de telefonia, OI, Vivo, TIM, Claro e Embratel.  

O setor de e-commerce registrou um crescimento de 12% no primeiro semestre de 2019, em pesquisa divulgada pela Ebit/Nilsen. O comércio online precisa de alguns cuidados por parte dos consumidores.

1 – Dê preferência a lojas que oferecem vários recursos em seu site – Chat on-line para esclarecimento de dúvidas; Fotos detalhadas do produto ou até mesmo vídeos; Descrições detalhadas de produtos; Informações claras sobre prazos de entrega, pagamentos, frete, entre outros; Opções variadas de pagamento.

2 – Verifique se a loja on-line informa CNPJ, telefone e endereço;

3 – Direito ao arrependimento de compra e à devolução do produto – Conforme o Código de Defesa do Consumidor, em compras pela internet, o consumidor tem até sete dias para se arrepender da compra após o recebimento do produto ou assinatura do contrato.

Para quem se sentir lesado ou tiver alguma dúvida sobre como proceder em algum caso, ou ainda quer buscar outros esclarecimentos, o Procon de Antônio Prado está localizado na Travessa Irmão Irineu, n° 23, atrás da Igreja Matriz e ao lado Escola Interativa.

Os documentos para abrir as reclamações são: Nota Fiscal de compra, CPF E RG do titular.

Fonte: Grupo Solaris – Repórter Luiz Augusto Filipini.


Opnião dos Leitores

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *