Faixa Atual

Título

Artista


Primeiras viaturas semiblindadas na história do Rio Grande do Sul são entregues à Polícia Civil

Escrito por em janeiro 5, 2021

Investimento para aquisição de 45 veículos com proteção balística foi de R$ 6,1 milhões, via emenda da bancada federal gaúcha

O governo do Estado concretizou nesta terça-feira (5) uma mudança de paradigma no suporte de proteção aos policiais gaúchos. Em cerimônia em frente ao Palácio Piratini, na capital, o governador Eduardo Leite e o vice-governador e secretário da Segurança Pública, delegado Ranolfo Vieira Júnior, entregaram à Polícia Civil 41 viaturas semiblindadas zero quilômetro – outras quatro estão em produção e chegam nos próximos meses. É a primeira vez na história do RS que efetivos das forças de Segurança Pública recebem veículos, adquiridos pelo Estado, com proteção balística para uso na rotina de policiamento e operações.

“Precisamos de uma força policial mais protegida para atuar. Temos uma polícia qualificada, tanto na Polícia Civil como na Brigada Militar, que atuam com muita dedicação e esforço. Mas, antes de tudo, esses policiais são seres humanos, com maridos, esposas, filhos, a quem desejam voltar com segurança. É tarefa de quem governa evitar ao máximo a perda dessas vidas e, por isso, colocar tecnologia, armamento e reposição de pessoal à disposição desses agentes para que possamos ter a força de segurança em um tamanho suficiente para enfrentar a criminalidade”, detalhou o governador Eduardo Leite. 

Leite explicou que, a partir de agora, a aquisição de veículos semiblindados será a política de compra de viaturas no Estado. “É uma forma de darmos a resposta a esses agentes de segurança para que estejam mais seguros no exercício das atividades. Com a polícia segura, a sociedade estará mais segura. Assim, garantirmos a continuidade da redução de indicadores de criminalidade”, destacou o governador, ao lembrar que, em fevereiro, o programa RS Seguro completará dois anos.

“Essas viaturas simbolizam um marco da premissa de investimento qualificado que, com a inteligência e a integração, norteia o Programa RS Seguro. É a valorização e o aprimoramento na proteção daquilo que temos de mais valioso na Segurança Pública, que é a vida dos nossos profissionais. A partir dessa aquisição, entramos em uma nova era em termos do aparelhamento das forças policiais no Rio Grande do Sul”, afirmou o vice-governador e secretário da SSP, Ranolfo Vieira Júnior.

A instituição gaúcha é a primeira Polícia Civil do país a receber viaturas com escudo balístico. O investimento total para a aquisição dos 45 veículos do modelo Duster, da Renault, foi de R$ 6.190.614,45. A verba tem origem em emenda da bancada federal gaúcha no Congresso, proposta em 2019 no total de R$ 6.194.813,00 (R$ 5.473.314,00 do repasse da União e R$ 721.499,00 de contrapartida financeira do RS) – a diferença, resultado do processo final de licitação, retorna para o governo federal.

O êxito na gestão do convênio permitiu aquisições acima das metas planejadas. A previsão inicial era de compra de 41 viaturas por R$ 151.093,00 cada (preço do orçamento para aprovação do projeto), uma por município, conforme indicação realizada pelos deputados federais e senadores gaúchos na proposição da emenda, em 2019. Com a economia da licitação realizada pelo governo, que fixou o valor unitário de R$ 137.569,21, foi possível utilizar a sobra do recurso para aquisição de outros quatro veículos, também um por cidade, com destinação definida pelo planejamento da Polícia Civil.

Além das 45 viaturas destinadas à Polícia Civil nesta terça-feira, a Secretaria de Segurança Pública planeja entregar nos próximos meses 176 viaturas semiblindadas, elevando o investimento total para R$ 35,2 milhões. À Brigada Militar, serão entregues 103 Dusters, também com recursos da emenda de bancada federal, no total de R$ 14.172.966,55 (sendo R$ 12.741.290,55 do repasse da União e R$ 1.431.676,00 de contrapartida financeira do RS).

A corporação também deve receber 53 pick-ups Hilux, no valor de R$ 10.838.500,00, com recursos de transferência do Fundo Nacional de Segurança Pública para o Fundo Especial da Segurança Pública (FESP) do RS. A partir da mesma origem, outros R$ 4.090.000,00 vão custear 20 pick-ups Hilux para a Polícia Civil.

Fonte: Governo do RS


Opnião dos Leitores

Deixe uma Resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *