Faixa Atual

Título

Artista


Cleonice Araujo se torna primeira vereadora trans da história de Caxias do Sul

Escrito por em setembro 14, 2021

A vereadora tomou posse nesta terça-feira (14), e ocupa vaga de vereador petista

Cleonice Araujo, conhecida como Cleo, de 42 anos e ativista do movimento LGBTQ+ tomou posse na Câmara de Vereadores de Caxias do Sul na manhã desta terça-feira (14). Cleo ocupa a vaga do vereador Lucas Caregnato (PT) e tornou-se a primeira vereadora trans da história do município. Lucas entrou em licença-paternidade, devendo retornar na sessão de quinta-feira (16). Cleo é a terceira suplente do PT para a Câmara e fez 1.045 votos na eleição de 2020.

Para que a vereadora pudesse assumir por duas sessões, os dois primeiros suplentes petistas, Rose Frigeri e Alfredo Tatto, foram convocados pela Câmara para assumir a vaga. Cada desistência informada ao plenário precisou ser votada e aprovada por maioria absoluta dos vereadores, para que então o suplente seguinte fosse chamado, até chegar à convocação de Cleo, que subiu à tribuna para fazer o juramento.

Cléo é estudante de direito e mora em Caxias do Sul há 17 anos. Ela foi expulsa da casa que morava em Rio Branco (MT), com 11 anos de idade. Na época, ela foi levada para uma fazenda no interior do município do Centro-Oeste, mas o acolhimento se tornou um pesadelo já que ela e outras crianças eram obrigadas a se prostituir.

Segundo a vereadora, foram quatro anos em cativeiro, até que uma denúncia libertou as crianças. Cleo descreve que foi após foi levada a uma congregação da Igreja Católica, mas teve que deixar o local aos 17 anos porque sua opção sexual era um impeditivo para permanecer.

Como trans, Cleo disse que teve que se prostituir para conseguir se sustentar e estudar. Abriu um salão de beleza em Santa Catarina e se casou. Posteriormente se mudou para Caxias, onde atualmente é ativista pela causa LGBT+. Cleo é presidente do Conselho Estadual de Políticas LGBT, do Conselho Municipal de Direitos Humanos e da ONG Construindo Igualdade.


Opnião dos Leitores

Deixe uma Resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *