Faixa Atual

Título

Artista


Primeira Feira Brasileira de Grafeno em Caxias do Sul reúne mais de 3 mil pessoas

Escrito por em julho 19, 2021

O evento ocorreu na Universidade de Caxias do Sul e contou com a presença do presidente Jair Bolsonaro para contemplar o material que vem revolucionando a indústria mundial

Primeira Feira Brasileira do Grafeno na Universidade de Caxias do Sul (UCS), que ocorreu de 9 a 16 de julho, teve público de mais de 3 mil pessoas. Apresentando produtos, protótipos e oportunidades, impulsionou contatos e negócios, aproximando ainda mais do mercado um dos maiores recursos da atualidade em alta tecnologia.

Em sua primeira edição, a Feira contou com a presença do presidente da República Jair Bolsonaro. O mesmo esteve presente para contemplar o material que vem revolucionando a indústria mundial, um dos mais fortes e leves do mundo, é também o mais fino que existe. O grafeno é 200 vezes mais resistente que o aço.

Os investidores, empresários, desenvolvedores de novos negócios e empresas que passaram pela Instituição puderam conhecer 17 expositores e projetos que materializam as parcerias da UCSGRAPHENE, planta de aplicação, caracterização e produção de grafeno da UCS. Desde tecidos a peças técnicas e estruturais, como vergalhões, equipamentos de proteção, como capacetes, a utilidades domésticas.

Para além de Caxias do Sul, o público de interessados pelo material alcançou também outros estados e países como a Argentina, os Emirados Árabes e os Estados Unidos.

“Foram potencializadas várias parcerias, que serão mensuradas após a feira e a partir do contato e da conversa com as empresas”, avaliam o coordenador da UCSGRAPHENE, professor Diego Piazza, e o responsável pela ZextecNano, Hugo Sousa. “A maior importância do evento é posicionar Caxias do Sul como referência na produção e desenvolvimento da tecnologia do grafeno e em soluções com o material”, pontuam.

Além da visibilidade, eles lembram que já houve convite para organizar nova edição da Feira no mês de outubro, em Brasília, junto ao Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações. Eles também ressaltam que se pretende realizar, no próximo ano, a terceira edição em Caxias do Sul, entre outros eventos relacionados.


Opnião dos Leitores

Deixe uma Resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *