Faixa Atual

Título

Artista


Presos criminosos que mataram representante comercial em Feliz

Escrito por em setembro 4, 2020

Latrocínio ocorreu na manhã desta quinta-feira em uma ótica no centro da cidade

Despois de aproximadamente 15 horas de buscas, após o latrocínio (roubo seguido de morte) do representante comercial Edevaldo Tomatto, 53 anos, ocorrido em uma ótica no centro do município de Feliz, na Serra Gaúcha, na manhã desta quinta-feira (3), a Brigada Militar prendeu todos os quatro criminosos. Os últimos três na madrugada desta sexta-feira (4) em São José do Hortêncio, na região. Nada foi levado do local.

Tomatto, que morava em Erechim, teria reagido ao assalto. Ele chegou a ser encaminhado ao hospital de Feliz, mas não resistiu aos dois tiros, um no pescoço e outro no tórax e faleceu ainda na manhã de quinta. Segundo informações, dois bandidos entraram na ótica e um ficou esperando do lado de fora em um Renault Duster, furtado em Novo Hamburgo. Logo depois do latrocínio, os criminosos fugiram na Duster, que foi localizada pela BM, e foram em direção a Linha Nova, localidade de São Roque, em Feliz. No carro foram encontrados miguelitos, que são ferros retorcidos usados por criminosos para furar pneus de viaturas em perseguições, além de chumbinho e lacres para amarrar reféns. Lá trocaram por um Chevrolet Ônix, que foi encontrado no município de Presidente Lucena quase no limite com Ivoti, com um ocupante, que não conseguiu negar a participação no latrocínio. Um quarto envolvido foi preso também por suspeita de resgatar os outros três bandidos.

Edevaldo Tomatto teria reagido ao assalto. Foto: reprodução

Dentro do veículo foi encontrado marcas de sangue confirmando que um dos assaltantes estava ferido e teria ficado junto com outro bandido em um matagal no interior, próximo a localidade de Capela do Rosário. No cerco foram mobilizados Policiais Militares do Vale do Cai, Vale dos Sinos e de Porto Alegre. Conforme a Brigada, os quatro acusados são de Novo Hamburgo, com idades de 30, 22, 20 e 39 anos, com vasta ficha criminal. Nomes não podem ser divulgados devido a Lei de Abuso de Autoridade. Também foram apreendidos celulares, rádio na frequência da Brigada, coletes balísticos, sete relógios, pistola 9 milímetros, revólver calibre 38, munição, carregadores de armas, entre outros materiais.

Fonte e foto: BM

Últimos três foram presos na madrugada desta sexta-feira em São José do Hortêncio

Opnião dos Leitores

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *