Faixa Atual

Título

Artista


Prefeitura prepara decreto com novas restrições em Flores da Cunha

Escrito por em dezembro 17, 2020

De acordo com o prefeito Lídio Scortegagna, o objetivo é frear a disseminação da Covid-19. O gestor antecipou que não haverá fechamento de comércio e indústria

A Prefeitura de Flores da Cunha deve publicar na manhã desta quinta-feira (17) um novo decreto com medidas para restringir aglomerações e, por consequência, evitar a disseminação do coronavírus na cidade. A medida foi confirmada à reportagem da Rádio Solaris FM 99.1, pelo prefeito Lídio Scortegagna.

De acordo com o gestor, foi realizada na quarta-feira (16) uma reunião com a presença do corpo clínico do Hospital Fátima e outras entidades, como: Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), Centro Empresarial, Sindicatos e componentes do Centro de Operações de Emergência (COE). A iniciativa buscou formalizar uma série de novas regras a serem adotadas no município.

“Ninguém quer fechar nada. Queremos evitar bandeira preta e lockdown”, afirmou Scortegagna após ser questionado sobre que restrições seriam impostas. O prefeito adiantou que serão normas técnicas, que não impedem o funcionamento do comércio, nem da indústria, porém, devem restringir a circulação desnecessária de pessoas, que está sendo observada na cidade. O decreto deve ser divulgado por volta das 11h e o prefeito estará concedendo entrevista ao vivo na Rádio Solaris, no programa Tudo de Bom.

Lídio antecipou que uma medida que deve ser anunciada, é o aumento da fiscalização durante as noites e madrugadas, já que repetidamente aglomerações vêm acontecendo na Praça da Bandeira e em outros pontos da cidade. Haverá ainda um reforço financeiro de forma emergencial, para aumentar o número de profissionais que atendem exclusivamente pacientes covid no Hospital Fátima e no Centro de Saúde Irmã Benedita Zorgi.

Dados apresentados pela Secretaria Municipal da Saúde (SMS), apontam que o número de contaminações por Covid-19 em Flores da Cunha teve um enorme salto nas últimas semanas. Sendo que apenas na quarta (16), foram 76 novas notificações confirmadas em 24 horas, o maior número diário desde abril, quando a primeira florense teve o teste positivo para a doença.


Opnião dos Leitores

Deixe uma Resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *