Grupo Solaris

Prefeitura de Caxias do Sul e governo federal assinam termo de compromisso para construção de Aeroporto de Vila Oliva

Assinatura ocorreu na tarde desta quarta-feira em Brasília e garantiu verba de R$ 200 milhões para obra

Foi assinado na tarde desta quarta-feira, dia 4, no Ministério da Infraestrutura, em Brasília, o termo de compromisso para a construção do Aeroporto Regional de Vila Oliva, localizado no distrito caxiense. O documento foi assinado pelo prefeito Daniel Guerra e pelo secretário Nacional da Aviação Civil, Ronei Saggioro Glanzmann.

Inicialmente foram destinados R$ 3 milhões para a realização do projeto executivo, que, segundo o senador Luis Carlos Heinze (Progressistas) deverá estar pronto em até seis meses. A primeira etapa prevê um investimento total deve chegar a mais de R$ 200 milhões. Esses recursos, segundo Heinze, vão ser financiados pelo Fundo Nacional de Aviação Civil (Fnac), e serão usados para a construção do aeroporto nos próximos anos.

Maior obra

Daniel Guerra destaca que o futuro aeroporto trará grandes avanços para Caxias do Sul e para toda Serra Gaúcha. “Esse é o maior acordo de obra de infraestrutura assinado pela prefeitura na história de Caxias do Sul e toda essa grandiosidade vai se refletir em inúmeros avanços para o desenvolvimento da cidade e de outros 53 municípios da região. Teremos incentivo ao turismo, melhorias de infraestrutura e logística, estímulo para atração de investimentos, geração de renda e de cerca de 2,7 mil novos empregos diretos, indiretos e induzidos. Hoje, estamos vendo os resultados de um trabalho árduo desta administração em conquistar mais esse investimento para Caxias do Sul”, afirmou o prefeito.

O recurso do Fundo Nacional de Aviação Civil deve contemplar as obras de infraestrutura do novo aeroporto. A contrapartida do município de Caxias do Sul será a aquisição da área em Vila Oliva, por meio de desapropriação. Para a construção, o município vai realizar uma licitação por meio de Regime de Contratação Diferenciado (RDC).

A previsão é que o edital de licitação seja aberto ao longo de 2020. A ideia é uma contratação única para todas as atividades envolvidas, que contemplam projeto básico, projeto executivo e execução da obra que deve iniciar em 2021 e conclusão em 2023.

O novo Aeroporto Regional da Serra Gaúcha, projetado pela Secretaria da Aviação Civil (SAC), possuirá um terminal de passageiros de 4,7 mil metros quadrados, com 500 vagas de estacionamento. O pátio terá 26 mil metros quadrados, permitindo aeronaves em oito posições, incluindo modelos 737-800 (boeings). A pista terá 1.930 metros de extensão por 45 metros de largura. A capacidade é de 1 milhão de passageiros por ano, número cinco vezes maior que o atual Aeroporto Regional Hugo Cantergiani comporta.

Prefeito Daniel Guerra esteve presente na assinatura do Termo na SAC


Sair da versão mobile