Faixa Atual

Título

Artista


Prefeitura de Caxias do Sul decreta situação de emergência

Escrito por em julho 8, 2020

Em virtude das fortes chuvas, prefeito Flávio Cassina publicou decreto na tarde desta quarta-feira

A Prefeitura de Caxias do Sul publicou em edição extra no Diário Oficial na tarde desta quarta-feira, dia 8, o decreto de situação de calamidade pública em virtude de vendaval, deslizamentos, enxurradas e alagamentos ocasionados por intensa precipitação pluviométrica.

Diz o documento, que considerando as fortes e constantes chuvas vivenciadas no Município, sobretudo a ocorrência de vendavais e intensa precipitação pluviométrica do dia 29 de junho até o dia 7 de julho; considerando o vendaval e o enorme volume de água que atingiu o Município, causando destelhamentos, deslizamentos, enxurradas e alagamentos que ocasionaram danos materiais em residências, vias públicas, e equipamentos públicos diversos; considerando as diversas ocorrências de deslizamento de terra, inundações e alagamentos que afetaram a capacidade de reposta do Poder Público Municipal, dificultando a identificação precisa da intensidade destes desastres; considerando que em decorrência dos danos humanos, ambientais e materiais causados pelo evento, diversos são os prejuízos, com indiscutível lesão ao patrimônio público e particular; considerando que o parecer da Coordenadoria Municipal de Defesa Civil e Segurança Pública, relatando a ocorrência destes desastres e favorável à declaração de Situação de Emergência; fica declarada Situação de Emergência nas áreas do Município afetadas contidas no Formulário de Informações do Desastre.

Ainda, fica autorizada a mobilização de todos os órgãos municipais para atuarem sob a direção da Coordenadoria Municipal de Proteção e Defesa Civil, nas ações de resposta ao desastre e reabilitação do cenário e reconstrução / desobstrução. Segundo o coordenador de Defesa Civil, Alexandre Bortoluz, o decreto é importante, porque dá mais celeridade ao Poder Público de atuação frente a essa emergência. “Com a situação de emergência decretada, podemos encaminhar ao Ministério do Desenvolvimento Regional a busca de recursos para cobrir os gastos dispendidos com as obras de reparos ocasionados pelas chuvas no Município”, argumenta.

Os bairros Desvio Rizzo, São Vitor Cohab, Planalto, Fátima e Mariani são os mais afetados pelos alagamentos, deslizamentos de encosta e desabamento de moradias em Caxias do Sul. No Mariani, por exemplo, um homem morreu soterrado na terça-feira. Os cinco pontos figuraram na lista de locais inspecionados pela Defesa Civil e secretarias de Habitação e de Obras e Serviços Públicos do município.

De acordo com o secretário de Habitação, Carlos Giovani Fontana, a prefeitura licitou e está prestes a assinar um contrato com o Instituto de Pesquisa Tecnológica, de São Paulo, para, justamente, atualizar o levantamento das áreas de risco do município.

Foto: Defesa Civil

Fonte: Ass.Imprensa Prefeit.

Um homem morreu soterrado por deslizamento de terra no bairro Mariani, um dos mais críticos

Opnião dos Leitores

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *