Faixa Atual

Título

Artista


Prefeitura cadastra taxistas de Flores da Cunha para receber Benefício Taxista

Escrito por em agosto 1, 2022

Primeiro pagamento está previsto para 16 de agosto e deve incluir duas parcelas, mas o cadastramento não garante o recebimento do benefício

A Prefeitura de Flores da Cunha, por meio da Secretaria de Segurança Pública, Transportes e Mobilidade, realizou o cadastramento da lista de taxistas do município junto ao site do Ministério do Trabalho e Previdência (MTP). Assim, os motoristas que estiverem aptos a receberem o Benefício Emergencial aos Motoristas de Táxis, do governo federal, podem contar com o auxílio logo na primeira etapa.

As duas primeiras parcelas, referentes aos meses de julho e agosto, serão pagas em 16 de agosto. O valor previsto é de R$ 1 mil por parcela. O auxílio deve ter o pagamento de seis parcelas até dezembro. Segundo o MTP, o valor e o total de parcelas poderão ser ajustados de acordo com o número de beneficiários cadastrados, respeitando o limite global disponível para o pagamento do auxílio.

O cadastro dos taxistas por meio da prefeitura não garante o recebimento do benefício. Os dados dos condutores serão processados pela Dataprev, empresa de tecnologia do governo. Após passar por uma análise, o benefício será liberado aos profissionais elegíveis. Entre as exigências, estará apto o motorista de táxi que se encaixar nos critérios: ter registro na prefeitura até 31 de maio de 2022; ser titular de concessão, permissão, licença ou autorização emitida pelo poder público; estar em regular e efetivo exercício da atividade; ter Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e Cadastro de Pessoas Físicas (CPF) em situação regular.

No momento, não há necessidade de qualquer ação por parte dos taxistas. Se necessário, consultas sobre a inclusão dos motoristas na relação informada pelo município deverão ser feitas diretamente na Secretaria de Segurança Pública, Transportes e Mobilidade, pelo telefone (54) 3279.3600, ramal 264.

O Benefício Taxista será pago aos motoristas de táxi pelo governo federal para compensar os efeitos do aumento no preço dos combustíveis. Mais informações podem ser obtidas no site do Ministério do Trabalho e Previdência.


Opnião dos Leitores

Deixe uma Resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *