Faixa Atual

Título

Artista


Prefeito de Farroupilha descumprirá decreto e lojas abrirão na segunda-feira

Escrito por em abril 2, 2020

Claiton Gonçalves decidiu que o município vai adotar o isolamento humanitário

Em reunião na praça da Emancipação na manhã desta quinta-feira, dia 2, o Comitê de Atenção ao Novo Coronavírus de Farroupilha criado em 13 de março pela prefeitura municipal decidiu que a cidade adotará o isolamento humanitário a partir da próxima segunda-feira, dia 6. O modelo mantém o afastamento dos grupos de risco da doença – pessoas acima de 60 anos, diabéticos, hipertensos e portadores de doenças crônicas. Entretanto, as atividades econômicas serão reativadas pelo restante da população, respeitando as orientações da Saúde.

As escolas permanecem com aulas suspensas até o final de abril, em função das crianças serem potenciais vetores do vírus. O decreto municipal que regulará a questão será elaborado nesta quinta-feira. A decisão é contrária ao decreto do governador Eduardo Leite que determinou o fechamento do comércio até o dia 15 de abril em todo o Estado com objetivo de evitar a pandemia do covid-19.

Na reunião na Praça da Emancipação, próximo à entrada principal da prefeitura, os presidentes das entidades do comércio e da indústria apoiaram a decisão do comitê. Por outro lado, os profissionais da área da saúde, que estiveram no encontro, permaneceram favoráveis às medidas propostas pelo governo do Rio Grande do Sul. Os sindicatos dos Empregados no Comércio, dos Trabalhadores nas Indústrias de Alimentação, dos Trabalhadores na Construção Civil e Mobiliário de Farroupilha e dos Metalúrgicos em Farroupilha também defenderam o decreto estadual. 

No entanto, mesmo sem o apoio de alguns setores, a prefeitura garantiu ter segurança jurídica com base no Supremo Tribunal Federal (STF) em que cada município é responsável na tomada de decisões no enfrentamento ao novo coronavírus.

O Sindilojas de Farroupilha informa que, entre as regras que deverão ser seguidas, estão a limitação da quantidade de clientes e atendentes no comércio de acordo com o tamanho do imóvel para evitar aglomerações. Outra medida prevista é a rotatividade nos funcionários que trabalham em cada dia.

O setor de serviços também está autorizado a funcionar, desde que os atendentes usem equipamentos de proteção individual (EPIs), como máscara, luvas e, em alguns casos, avental. Já as indústrias terão de reduzir em 30% o número de funcionários e respeitar a distância mínima de um metro entre eles no caso de uso de EPIs ou de dois metros sem EPIs.

Durante coletiva nesta quinta-feira, o procurador-geral do Estado, Eduardo Cunha da Costa, disse que municípios que tomarem atitudes como essa poderão responder por crime sanitário.

Boletim

Farroupilha possui 15 casos em investigação do Coronavírus. Destes, 12 são referentes a profissionais da área da saúde. O município apresenta 13 casos descartados e um caso confirmado. Com relação a este positivo, após 14 dias do diagnóstico, o paciente será encaminhado a atendimento médico para realizar exames. Depois do retorno destes exames, o paciente passa a ser contabilizado como caso curado, se o resultado for negativo para a Covid-19.

Foto: Calebe de Boni/Ass;Imprensa Prefeit.

Prefeito Claiton fez reunião na praça da Emancipação nesta manhã com representantes de entidades

Opnião dos Leitores

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *