Faixa Atual

Título

Artista


Prefeito de Antônio Prado amplia decreto de prevenção ao coronavírus

Escrito por em março 20, 2020

Ações foram apresentadas à imprensa nesta sexta-feira (20).

Na manhã desta sexta-feira (20), o prefeito municipal de Antônio Prado, Juarez Santinon, concedeu nova entrevista à imprensa para apresentar as novas medidas que visam prevenir o coronavírus na cidade.

Conforme informações, apenas os serviços essenciais estarão disponíveis, sendo farmácias, clínicas, supermercados e padarias, além dos serviços de água, energia, gás, combustíveis, hospital, medicamentos, alimentos, coleta de lixo, entre outros.

No caso das padarias, fica vedado o consumo de alimentos no ambiente. Nos supermercados, será organizado o fluxo de pessoas.

Em relação às indústrias, elas irão trabalhar em sistema de escala, com alteração na jornada de trabalho. Os restaurantes não terão atendimento presencial, somente por meio de tele entrega e viandas.

O transporte coletivo está autorizado a circular, porém não pode exceder 50% da sua capacidade. Ou seja, se um veículo possui, por exemplo, 20 lugares, só 10 estarão liberados para utilização.

Na área da saúde, um hospital de campanha será montado nas dependências da secretaria de turismo, localizada aos fundos da casa da néni. Nesse local, haverá atendimento das 08h às 12h e 13h30min às 17h30min. Nesse espaço, serão atendidos apenas pessoas com sintomas do Covid-19.

As Unidades Básicas de Saúde não estarão atendendo à consultas eletivas, apenas plantão de urgência.

Também foi encaminhado nesta sexta-feira (20) à Câmara de Vereadores, um projeto de lei emergencial que prevê a contratação de dois médicos clínicos gerias e uma enfermeira.

Sobre medicamentos, a receita terá um prazo de validade maior, de até 12 meses. Para medicações de uso controlado, a receita tem validade de até seis meses.

Para velórios, a orientação é que não tenha mais de 10 pessoas no espaço, além de haver revezamento.

O Hospital São José de Antônio Prado já possui dois leitos para casos de coronavírus na cidade. O secretário de saúde Andrei Casali solicitou junto a 5ª Coordenadoria Regional de Saúde, a liberação de outros 10 leitos.

Confira o decreto completo.

Fonte: Grupo Solaris – Repórter Luiz Augusto Filipini.


Opnião dos Leitores

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *