Faixa Atual

Título

Artista


Para custear tratamento do filho com doença rara, pais rifam carro em Caxias do Sul

Escrito por em julho 21, 2022

O pequeno Davi Umpierres, de um ano e cinco meses, luta diariamente contra a nocardiose pulmonar

Para custear o tratamento contra uma doença rara que atinge os pulmões do pequeno Davi, os pais, moradores de Caxias do Sul, decidiram rifar o próprio carro. Com um ano e cinco meses, a criança luta todos os dias contra a nocardiose pulmonar, enfermidade causada por uma bactéria que geralmente é encontrada no solo e que foi descoberta quando o bebê tinha apenas 10 meses de vida. Com necessidades que vão muito além do que o Sistema Único de Saúde (SUS) pode oferecer, os pais de Davi decidiram fazer uma rifa e arrecadar valores da comunidade que ajudem a pagar o tratamento do filho.

Conforme Sandy da Luz Rodrigues, mãe de Davi, os primeiros sintomas da doença rara começaram a aparecer meses antes do menino completar seu primeiro aniversário. Ela afirma que Davi começou a ter febre, dificuldade para respirar e tosse. Na época, ele foi internado em um hospital particular, a família recebeu um diagnóstico de bronquite, que logo após evoluiu para um quadro de pneumonia.

Depois isso, o pequeno precisou ser transferido para a rede pública hospitalar. Davi foi internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), foi entubado, passou por alguns procedimentos, mas acabou recebendo alta. Porém, após cerca de 20 dias, o menino começou a apresentar os sintomas de tosse e febre com mais de 40°C. Ao procurar atendimento, segundo a mãe, os médicos relatavam que no pulmão de Davi não havia nada de errado. Quando a nocardiose pulmonar foi descoberta, Sandy disse que a sensação era de não saber o que fazer. “A nossa vida mudou por completo”, relata ela.

Depois do diagnóstico, a família relatou que para arcar com os custos começou a vender objetos da casa. Mas, como Davi ainda precisa do tratamento contra a doença por pelo menos mais seis meses, a alternativa dos pais é rifar o carro da família, um Volkswagem Gol 2009, e garantir por mais um tempo que o pequeno continue com um tratamento via oral, intravenoso e inalatório, além das sessões de fisioterapia pulmonar.

A evolução na recuperação vai depender da reação do organismo do menino. Por isso, uma vez por mês, a família de Davi precisa deslocar até São Paulo para que ele receba um coquetel de medicamentos. Depois disso, ele precisa ficar em observação em razão dos efeitos colaterais, como vômitos e diarreias.

Cada número da rifa custa R$ 50 e para contribuir basta entrar em contato por meio do telefone (54) 9 9203-1383. Ainda há em torno de 170 números e o sorteio será realizado no sábado (23), virtualmente. Além disso, qualquer doação pode ser efetuada via chave Pix (54) 9 9203-1383 ou (54) 9 9262-5518.


Opnião dos Leitores

Deixe uma Resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *