Faixa Atual

Título

Artista


PADRE DE PROTÁSIO ALVES RESGATA O CULTIVO DO LINHO

Escrito por em setembro 2, 2020

O religioso ressalta a beleza das flores da planta e as propriedades medicinais das sementes do linho.

Em uma pequena área de terras da paróquia Nossa Senhora do Rosário, em Protásio Alves, o padre Luciano Cansan mostra que “se plantando dá”.

Neste ano, padre Luciano preencheu os canteiros com pés de fava, ervilha, lentilha, cebola e resgatou uma cultura quase extinta na nossa região:  a do linho.

– A ideia é usá-lo na festa do Colono e Motorista de 2021, já que neste ano não aconteceu por causa da pandemia  – lamenta o padre.

O religioso lembra ainda da beleza das flores da planta e das propriedades medicinais das sementes do linho.

– Em um mês, este canteiro será um tapete azul de flores – festeja.

Questionado sobre os benefícios à saúde com o uso das sementes do linho, ele cita vários, entre os quais a intestinal e circulatória.

Padre Luciano ainda não definiu se vai aumentar a produção do linho no próximo cultivo, mas a semente da curiosidade já foi plantada e está florescendo. Tomara que gere muitos frutos e outros sigam seu exemplo.

SOBRE O LINHO

O linho, planta cientificamente conhecida como Linum Usitatissimum, é uma fibra extraída do talo da espécie botânica de mesmo nome.

Na atualidade o linho é produzido em maiores volumes na Europa, em países como Polônia, Bélgica, Romênia, Portugal e Países Baixos. No Brasil sua produção ainda é pequena, mas existe um grande potencial de cultivo da planta, especialmente nas regiões de clima mais temperado, como no Sul do país.

Há pelo menos 8 mil anos o homem faz uso desta resistente e versátil fibra. Os registros mais antigos provam o uso do linho na antiga Mesopotâmia e por todo o Oriente Médio desde os idos de 7 mil antes de Cristo.

Já  as sementes de linho são uma das principais fontes de ácidos graxos ômega-3 e ômega-6, e através de outros nutrientes que eles contêm, ajudam-nos a manter a saúde do coração, a circulação do sangue, o cérebro e o bom trabalho do intestino.

Fotos/texto: Sonia Reginato/C+C

CONECTA+ COMUNICAÇÃO

Imprensa Oficial dos Municípios de Nova Prata e Protásio Alves


Opnião dos Leitores

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *