Faixa Atual

Título

Artista


Outubro Rosa: Ginecologista ressalta a importância da prevenção

Escrito por em outubro 1, 2021

A campanha visa conscientizar e alertar aos riscos deste câncer que mais atinge mulheres

O Outubro Rosa é o mês de conscientização do câncer de mama que inicia hoje (1º) com diversas ações e atividades realizadas no mundo todo.

No Brasil segundo dados do Instituto Nacional do Câncer (INCA) o câncer de mama é o tipo que mais acomete as mulheres no país. São considerados fatores de risco deste câncer o estilo de vida sedentário, história familiar, idade da primeira menstruação e idade da menopausa. A prevenção pode ser feita adotando um estilo de vida saudável, seguindo uma alimentação equilibrada, praticando exercícios físicos, no mínimo 150 minutos semanais, evitar o cigarro e o estresse.

A ginecologista Carolina Celich Mohr fala sobre a importância da prevenção e diagnóstico precoce. “Toda mulher deve realizar pelo menos uma visita anual ao ginecologista para realizar exame físico completo e avaliar a necessidade de exames complementares conforme a sua faixa etária e sua história pessoal e familiar”.

A médica explica que segundo orientação da Sociedade Brasileira de Mastologia o exame de rastreamento do câncer de mama, é a mamografia que deve iniciar aos 40 anos, na população em geral. Já mulheres que possuem histórico familiar de câncer de mama deverão antecipar a realização desses exames, devendo avaliar com o seu médico qual a idade de início.

A profissional destaca que a Ultrassonografia das mamas pode ser realizada, mas não é considerada um exame de rastreamento, ou seja, ele não substitui a mamografia, sendo apenas complementar e destaca também a importância do autoexame das mamas feito em casa pela mulher, o que auxilia na identificação de algo suspeito, mas também não substitui a mamografia,”.

Após feito estes exames e havendo alguma alteração, será indicado a paciente uma biópsia, com análise anatomopatológica, que confirmará a natureza da alteração: benigna ou maligna. Caso o diagnóstico seja maligno o tratamento será conduzido pelo Mastologista, que é o especialista em Mama, e vai depender de características da lesão e da paciente.

Antônio Prado e Ipê possuem Associações de auxílio e amparo a pessoas com câncer e podem ser contatadas pelos seguintes telefones:

Associação de Amparo a Pessoa com Câncer (AAPC) de Antônio Prado: (54) 9.9973-3121

Associação de Apoio aos Portadores de Câncer (AAPECAI) de Ipê: (54) 99705-3140

Fonte: Grupo Solaris – Repórter Taís Vargas


Opnião dos Leitores

Deixe uma Resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *