Faixa Atual

Título

Artista


ONG Construindo Igualdade entrega certificados de cursos gratuitos realizados em Caxias do Sul

Escrito por em novembro 25, 2021

A diretora da ONG foi a primeira mulher trans a ocupar uma cadeira na história do Legislativo caxiense

A ONG Construindo Igualdade entrega, na próxima segunda-feira (29), os certificados de conclusão dos cursos gratuitos ofertados ao longo de 2021. A cerimônia será realizada na Câmara Municipal de Caxias do Sul, às 19h, logo depois da solenidade de descerramento da foto de Cleo Araujo na Galeria das Vereadoras. A diretora da ONG foi a primeira mulher trans a ocupar uma cadeira na história do Legislativo caxiense, por duas sessões, em setembro deste ano.

Receberão os certificados de conclusão duas alunas do curso profissionalizante de auxiliar de cabeleireiro, realizado de outubro a novembro, com foco em escova capilar, lavagem de cabelo, aplicação de produtos e manuseio de equipamentos; e sete estudantes do Prepara Enem Profª Marina Reidel, formação que totalizou 231 horas de aulas ministradas por professores voluntários, com disponibilização de materiais de estudo, slides, videoaulas e simulados periódicos.

“Construímos um processo de ensino-aprendizagem que se deu a partir das múltiplas vivências, realidades diferentes e dificuldades de cada estudante, mas que se aproximaram com um objetivo em comum: ingressar no ensino superior. Construímos esse espaço para que nossos estudantes pudessem estar melhor preparados para os desafios da prova do Enem, com professores especializados, mestres e doutores em suas áreas do conhecimento. Estamos muito felizes com esse trajeto que percorremos juntas, juntes e juntos”, avalia Márcie Vieira, coordenadora pedagógica do Prepara Enem.

Alisson Dallegrave, professor voluntário e coordenador do curso profissionalizante de auxiliar de cabeleireiro, ressalta que, além de capacitar para o mercado de trabalho, a formação buscou oferecer uma nova forma de ver a vida para mulheres transexuais. “As pessoas trans têm enfrentado níveis avassaladores de rejeição familiar, geralmente desde a mais tenra idade. Essa rejeição tem impacto devastador, isolando as pessoas dos espaços sociais. Isso provoca dificuldade de acesso e continuidade no ambiente escolar, ocasionando falta de suporte e qualificação profissional. O nosso curso também buscou resgatar essa cidadania que foi interrompida em algum momento”, afirma.

Para 2022, a ONG Construindo Igualdade planeja abrir novas vagas para formações gratuitas, visando democratizar oportunidades para a população LGBTQIA+ e mulheres vítimas de violência doméstica.

Sobre a entidade

A ONG Construindo Igualdade é uma entidade sem fins lucrativos de Caxias do Sul (RS) que iniciou suas atividades em 2003, a partir da necessidade de organização da comunidade LGBTQIA+. Dirigida por Cleo Araujo, tem como missão combater qualquer tipo de discriminação e violação de direitos humanos em função da orientação sexual ou identidade de gênero, atuando para garantir o direito à cidadania plena e à livre expressão. Possui um histórico de atuação com pessoas em situação de vulnerabilidade, mulheres vítimas de violência doméstica, pessoas convivendo com HIV e AIDS, por meio de ações de assistência social, saúde, advocacia, educação, cultura e acolhimento.


Opnião dos Leitores

Deixe uma Resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *