Faixa Atual

Título

Artista


Obras de estabilização na Rota do Sol, em Itati, começam neste mês

Escrito por em junho 16, 2020

Ordem de serviço para contenção de encostas no km 4 foi assinada na segunda-feira (15)

O Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (Daer) assinou na segunda-feira (15) a ordem de início dos serviços de estabilização da encosta do km 4 da Rota do Sol (ERS-486), em Itati. Ainda este mês começa a retirada das rochas que desmoronaram sobre a pista após fortes chuvas que atingiram a região.

Aproximadamente R$ 3 milhões estão previstos para as atividades, que serão realizadas pela empresa Toniolo Busnello por meio de um aditivo de contrato. “Encontramos uma alternativa viável para resolver definitivamente o problema da Rota do Sol, liberando totalmente o trânsito e garantindo a segurança dos usuários da rodovia”, afirma o secretário de Logística e Transportes, Juvir Costella. “Com esse aditivo pronto, não precisaremos esperar pelo trâmite de uma licitação, e a empresa já pode se mobilizar para o início dos trabalhos.”

O diretor-geral do Daer, Luciano Faustino, explica que serão implantadas telas especiais, grampos e tirantes na encosta. Esses materiais devem contribuir para evitar novos desmoronamentos no trecho. Segundo ele, preservar a vida dos usuários sempre foi a principal preocupação da autarquia.

“Trata-se de uma obra de engenharia rodoviária com alto grau de complexidade, e, como tal, precisamos buscar o orçamento de itens que não se encontram facilmente disponíveis, ainda mais durante a pandemia”, destaca Faustino. “Desde o incidente, por orientação de um especialista, deixamos propositalmente as rochas em uma das faixas para que servissem como amortecimento em caso de novas quedas de material”, complementa.

A expectativa é de que as obras no trecho sejam concluídas no segundo semestre. “Esse é mais um projeto importante que o Daer entregará à sociedade, liberando a rodovia em sua capacidade total nesse ponto”, salienta Faustino.

Fonte: Governo RS

Marcado como

Opnião dos Leitores

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *