Faixa Atual

Título

Artista


Nova gasolina será obrigatória no Brasil em agosto?

Escrito por em agosto 8, 2020

Essa determinação não chegou aos postos e nem ao consumidor final

 A partir do dia 03 de agosto, a gasolina vendida nos postos de combustíveis do Brasil terá de atender a novas especificações definidas pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP). As exigências prometem aumentar a eficiência do combustível, mas devem provocar, também, o aumento do preço nas bombas.

Essa determinação, porém, não chegou aos postos e nem ao consumidor final, conforme os proprietários de postos de Antônio Prado, essa data se refere “a partir de” a Petrobras deve produzir a nova gasolina.

Em conversa com alguns estabelecimentos, segundo eles, as revendas ainda estão aguardando a chegada do novo combustível. A partir do momento que a distribuidora receber o produto, é zerado o estoque da gasolina comum nos postos e a partir dali começa a ser comercializado o novo combustível.

A data limite para a substituição é 03 de outubro, ou a partir do momento que a distribuidora adquirir para repor estoque.

Do ponto de vista técnico, a alteração que será implementada pela ANP diz respeito à octanagem da gasolina. De forma simplificada, a octanagem mede a capacidade do combustível de resistir à queima dentro do motor. Se a octanagem for muito baixa, pode haver combustão espontânea do combustível, provocando danos ao sistema. Com octanagem mais alta, por outro lado, a tendência é de que o motor renda mais, o que também diminua a emissão de poluentes.

O índice de octanagem é medido em uma escala de zero a 100. Hoje, de acordo com a Petrobras, a octanagem mínima da gasolina comum é de 87 unidades. Outros tipos de gasolina comercializados pela estatal, como a Premium e a Podium, têm rendimento superior, de 91 e 97 unidades, respectivamente e, por isso, custam mais caro.

Com a nova regulação da ANP, a octanagem da gasolina comum deverá ser de pelo menos 92 a partir de agosto.


Opnião dos Leitores

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *