Faixa Atual

Título

Artista


‘Não faltará recursos para a saúde’ afirma prefeito de Flores da Cunha

Escrito por em junho 20, 2020

Lídio Scortegagna (MDB) respondeu em entrevista à Rádio Solaris, questionamentos sobre uso dos R$ 4 milhões oriundos de verbas federais

O Prefeito de Flores da Cunha, Lídio Scortegagna (MDB), explicou nesta sexta-feira, dia 19, em entrevista ao Programa Solaris com Você, (ouça abaixo) da Rádio Solaris FM 99.1, de que forma o município vai aplicar os R$ 4 milhões recebidos do governo federal. Esses recursos financeiros, são decorrentes do Programa Federativo para compensar as perdas na arrecadação, devido a Pandemia de coronavírus, conforme Lei Complementar nº 173 de 27/05/2020. 

O principal questionamento é em relação à destinação de parte do dinheiro para outras ações, que não são relacionadas à área da saúde. Muitos comentários surgiram nos últimos dias nas redes socais, citando que cerca de 90% do valor total (R$ 3,56 milhões), vai ser destinado para pagamento da coleta de lixo, do plano de saúde dos funcionários públicos (parte patronal) e também a quitação de outros precatórios previstos para o corrente ano.

Na entrevista, o prefeito Lídio explicou que o orçamento municipal previsto antes da pandemia para 2020 era de R$ 131,7 milhões. Devido à retração da economia causada pela crise mundial decorrente do Covid-19, a estimativa da arrecadação local caiu mais de R$ 10 milhões e agora é estimada em cerca de R$ 121,5 milhões.

“Se nós observarmos o repasse do governo federal, que é bem-vindo para o município, ele vai suprir parte do que os municípios deixarão de arrecadar. Esse recurso, vem como um recurso livre, para que os municípios possam alocar especificamente para combater os problemas causados no orçamento do município, dos efeitos do coronavírus”, disse Scortegagna.

Lídio citou repasses feitos anteriormente para o Hospital Fátima, contratação de profissionais, compra de equipamentos, construção do ambulatório do COVID-19, compra de testes rápidos, além de diversas ações sociais, como a distribuição de mais de 1.200 cestas básicas para famílias em vulnerabilidade social e para os estudantes do turno integral. “Sempre disse quero dizer mais uma vez a toda a comunidade: não faltará recursos para a saúde”, assinala o prefeito.

O chefe do executivo também afirmou que os recursos chegaram a poucos dias nos cofres municipais, porém, desde março, já havia uma preocupação, por parte da prefeitura, para que se tomasse providências, com recursos do caixa, para fazer tudo o que se entendia necessário naquele momento.

O prefeito também chamou de ‘especulação eleitoreira’ algumas postagens compartilhadas em redes socais por políticos florenses. “É verdade que alguns tentam distorcer, tentam denegrir a imagem, querem talvez alguma especulação eleitoreira, de forma baixa, rasteira, muito pequena a atitude dessas pessoas, inclusive porque conhecem a realidade e querem tirar algum tipo de proveito”, assinala Lídio.

Prefeito de Flores da Cunha, Lídio Scortegagna – Entrevista Solaris com você

Foto: Assessoria de Imprensa Prefeitura de Flores da Cunha/ Divulgação

Opnião dos Leitores

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *