Faixa Atual

Título

Artista


“Não existe grande diferença”, diz médico sobre coronavírus em relação a gripe

Escrito por em março 27, 2020

Daniel Kipper, médico clínico-geral esclareceu informações sobre o vírus.

O clínico-geral Daniel Kipper esteve em contato com a Rádio Solaris 97.3 esclarecendo dúvidas sobre o coronavírus. Conforme o médico, não existe grande diferença entre o Covid-19 e outras doenças gripais, como H1N1. A única peculiaridade do coronavírus é seu alto poder de transmissão, com uma propagação muito rápida.

ISOLAMENTO DOMICILIAR

Conforme Daniel, ainda é precoce dizer se o isolamento é benéfico ou não. O médico orienta que as determinações dos órgãos de saúde sejam seguidas e que sejam aguardadas novas projeções nos próximos dias.

TRANSMISSÃO

A transmissão ocorre de pessoa para pessoa, principalmente através do aperto de mãos. Daniel Kipper diz que é preciso evitar espirrar ou tossir nas mãos. O ideal é cobrir a boca com o antebraço, braço ou com lenço. Logo após, é importante higienizar as mãos com água e sabão.

CUIDADOS COM O HOME OFFICE

Para quem está trabalhando em casa usando computador, celular, entre outros aparelhos eletrônicos, é importante higienizá-los – teclado, mouse, tela do celular, etc.

O ambiente a ser utilizado para o home office também precisa estar sempre higienizado.

DURAÇÃO DA EPIDEMIA

Não há como prever um prazo. Tudo depende do processo de contaminação. Na serra gaúcha, pela época de inverno que se aproxima, a previsão é de que casos possam ser registrados até Outubro.

O médico Daniel Kipper destaca que um surto deixa de crescer quando atinge aproximadamente 50% da população, criando assim uma imunidade.

AÇÕES NO HOSPITAL SÃO JOSÉ

Um plano está sendo elaborado pensando na pior situação a nível de infectados. Conforme o presidente da instituição de saúde, Giovan Zulian, o Hospital São José está dividido em duas alas. Uma para atendimentos que não tem relação com suspeita de coronavírus e outra específica para atendimentos relacionados ao vírus.

O hospital tem 10 quartos separados para possíveis internações.

Em relação aos respiradores mecânicos, Giovan comenta que há uma alta demanda pelo produto, o que gera demora tanto para compra como para o recebimento. O ideal é que Antônio Prado tenha 10 respiradores.

Fonte: Grupo Solaris – Repórter Luiz Augusto Filipini.


Opnião dos Leitores

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *