Faixa Atual

Título

Artista


Mortandade de abelhas volta a preocupar agricultores em Antônio Prado

Escrito por em outubro 29, 2021

Uma abelha contaminada pode comprometer a colmeia inteira

Novas descobertas de colmeias inteiras mortas voltam a preocupar agricultores de Antônio Prado.

Na manhã desta sexta-feira (29) a reportagem da emissora recebeu relatos de um agricultor, que disse ter encontrado os insetos mortos em sua propriedade. Segundo ele, próximo cerca de 400 metros de onde estavam às abelhas há um parreiral e atribui a morte a um produto usado para matar carrapatos das videiras. – Basta apenas uma abelha ser contaminada e voltar para a colmeia que mata todas as outras -, conta o homem que prefere não se identificar, preferiu apenas alertar os agricultores.

Em contato com o técnico agrícola da EMATER de Antônio Prado, Neudi Balancelli, informou que a instituição ainda não recebeu relatos de morte de abelhas.

– Não dá para denunciar sem ter provas, mas se estiver acontecendo é necessário levar o fato adiante e relatar a Inspetoria Veterinária, – informa Balancelli.

Segundo o técnico, se feita à denúncia, um fiscal do Estado visita a propriedade para fazer uma análise do fato e, caso necessário, responsabilizar os responsáveis.

– Para identificar o problema as abelhas são enviadas para laboratório onde é feita análise.

Alguns produtos, como inseticidas, utilizados pelos agricultores têm registro e permissão para uso no Brasil, mas na Europa foram banidos justamente por causar a morte dos insetos. Alguns herbicidas também causam mortes, – diz Balancelli.

 Fato semelhante ocorreu em outubro de 2020, quando houve também grande mortandade de abelhas.


Opnião dos Leitores

Deixe uma Resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *