Faixa Atual

Título

Artista


Morador de Antônio Prado atingido por fio morre após sete dias

Escrito por em outubro 20, 2021

O cabo tinha cerca de 30 metros de comprimento

Faleceu nesta terça-feira (20) o homem, de 83 anos, atingido acidentalmente por um fio que estava enroscado em uma caminhonete.

Orildo Susin estava internado em um hospital de Caxias do sul, desde o dia 12 deste mês, quando ocorreu o acidente.

Orildo havia deixado o hospital em que estava internado por outros motivos, na manhã do dia em que se acidentou. Conforme informações de vizinhos e pessoas que presenciaram o acidente, naquela tarde ele estava saindo de casa para jogar cartas em um bar, que fica em frente a residências. Susin parou na calçada para aguardar que a caminhonete passasse, quando foi fazer a travessia, não percebeu que um grosso cabo de telefonia estava sendo arrastado pelo veículo, segundo um vizinho eram cerca de 30 metros de comprimento.

A ponta do fio chicoteava e quando Orildo desceu a calcada foi atingido na perna, fazendo inclusive queimadura na calça. Com o impacto acabou caindo e foi atingido também na clavícula, braço e cabeça. De acordo com informações, o motorista não teria percebido o fio enroscado e nem o ocorrido. Só parou o veículo cerca de 150 metros adiante, pois havia carros sobre a via. No momento em que parou, o fio, que estava enroscado no cardam, atingiu os automóveis.

Susin foi socorrido por frequentadores do bar, que acionaram o SAMU e o encaminharam ao hospital São José de Antônio Prado, na mesma noite, devido a gravidade dos ferimentos, foi transferido para Caxias do Sul, onde veio a óbito nessa manhã

Uma câmera de monitoramento de um estabelecimento próximo registou a caminhonete passando e arrastando o cabo, mas a imagem não alcança o local do acidente.


Opnião dos Leitores

Deixe uma Resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *