Faixa Atual

Título

Artista


Melhor cerveja do Brasil é de Flores da Cunha

Escrito por em março 30, 2021

A premiada cerveja da Alem Bier, é produzida na Vinícola Monte Reale, da família Mioranza

A melhor cerveja do Brasil é produzida em solo florense. A cidade agraciada com o título de Maior Produtora de Vinhos do país, agora também abre suas fronteiras para a produção artesanal de cervejas.

A bebida produzida pela Alem Bier, da Vinícola Monte Reale, foi premiada no Concurso Brasileiro de Cervejas (o maior do país e o terceiro do mundo), realizado anualmente pela Associação Blumenauense de Turismo, Eventos e Cultura, na cidade de Blumenau, em Santa Catarina.

Entre 3.126 amostras de cervejas inscritas, os juízes do concurso escolheram a Alem Bier Merlot Grape Ale como melhor rótulo de 2021. Além do ouro conquistado na categoria Wild Beer, o rótulo também recebeu a maior nota de todo o evento e, portanto, foi a Best of Show. O resultado foi divulgado no dia 18 de março.

A Alem Bier é fruto da experiência de quase cinco décadas da Monte Reale, que, em 2017, decidiu expandir a experiência sensorial para a cerveja. A criação da Merlot Grape Ale carrega essa história: é uma concepção colaborativa entre o cervejeiro e sommelier da marca, Carlo Mioranza, e o enólogo Giovani Giotto.

Em entrevista concedida ao programa ‘Solaris com Você’, o cervejeiro Carlo afirmou: “Eu nasci com vinho correndo nas minhas veias, mas nasceu esse negócio da cerveja e nós [pensamos]: ‘como que não vamos misturar tudo isso aqui e ver o que acontece?’”, disse Mioranza. A Monte Reale é a única vinícola brasileira a misturar, no mesmo espaço, a experiência da produção de vinhos e cervejas.  

A produção iniciou com a colheita manual de uvas nas parreiras próprias da empresa, em Caxias do Sul. Uma base de cervejas inspirada nas Ale italianas passou pela fermentação natural com as cascas e o suco da uva Merlot, em barricas de carvalho francês localizadas na cave da vinícola. Os túneis estão a cinco metros de profundidade e têm temperatura controlada.

A maturação de 24 meses trouxe notas próprias à fermentação espontânea, que acontece a partir da flora microbiológica da uva. Daí as características selvagens e complexas da cerveja, de acordo com Carlo. “Estamos vibrando muito com esse prêmio, especialmente neste rótulo que é muito simbólico: honra a sabedoria dos antepassados e, ao mesmo tempo, ilumina nossa visão para explorar novos caminhos nunca antes visitados”, comenta.


Opnião dos Leitores

Deixe uma Resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *