Faixa Atual

Título

Artista


MEC pretende implantar no país 108 escolas cívico-militares até 2023

Escrito por em julho 11, 2019

Medida está prevista no Compromisso Nacional pela Educação Básica.

O Ministério da Educação (MEC) pretende implementar 108 escolas cívico-militares até 2023. Essa é uma das ações previstas no Compromisso Nacional pela Educação Básica, documento apresentado hoje (11), em Brasília. Ele reúne ações que estão sendo planejadas para serem implementadas até o fim do atual governo.

Além das escolas militares, pretende-se dar celeridade à conclusão de mais de 4 mil creches até 2022; conectar 6,5 mil escolas rurais por meio de satélite em banda larga em todos os estados; e ofertar cursos de ensino a distância para melhorar a formação de professores, até 2020, entre outras ações.

O ministro da Educação, Abraham Weintraub, durante apresentação do “Compromisso Nacional pela Educação Básica”.

O documento foi elaborado pelo MEC em conjunto com estados e municípios representados pelo Conselho Nacional de Secretários de Educação e a União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação. As ações são voltadas para a educação básica, período que compreende desde o ensino infantil até o ensino médio.

A intenção, de acordo com o MEC, é tornar o Brasil referência em educação na América Latina até 2030.

Além das 27 novas escolas por ano, o MEC pretende fortalecer 28 escolas cívico-militares por ano, em conjunto com os demais entes federados, totalizando 112 escolas até 2023, atendendo a aproximadamente 112 mil estudantes.

As escolas cívico-militares são instituições não militarizadas, mas com uma equipe de militares da reserva no papel de tutores. 


Opnião dos Leitores

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *