Faixa Atual

Título

Artista


Manifestações pró e contra o presidente Bolsonaro estão marcadas para este feriado na Serra

Escrito por em setembro 6, 2021

Em Caxias do Sul, um tratoraço pró-governo parte as 14h da Rota do Sol, em Fazenda Souza, em direção a Praça Dante Alighieri

Nesta terça-feira (7), feriado da Independência do Brasil, manifestações de grupos a favor e contra o governo do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) devem mobilizar algumas cidades da Serra gaúcha. Grupos de pessoas convocados por redes sociais organizam atos em Caxias do Sul, Flores da Cunha, Bento Gonçalves e Antônio Prado. Em Caxias dezenas de agricultores organizam um tratoraço pró-governo.

O grupo parte as 14h da Rota do Sol, no distrito de Fazenda Souza, em direção ao centro da cidade. A Polícia Rodoviária Federal (PRF) irá fazer o acompanhamento dos manifestantes em parte do trecho. A Operação Independência terá efetivo policial extra para dar conta do movimento. Informações preliminares dão conta de que não haverá bloqueios na rodovia.

O tratoraço deve seguir pela BR-116 em direção a área central de Caxias, passando pelas ruas Luiz Michelon e Os Dezoito do Forte até chegar a Praça Dante Alighiei. A Fiscalização de Trânsito estará presente para auxiliar com eventuais trechos de lentidão na pista.

Protesto contra Jair Bolsonaro

Um segundo movimento, intitulado Grito dos Excluídos e Excluídas, promete protestar contra o governo Bolsonaro. Uma caminhada está marcada para começar as 14h, partindo do Colégio Castelo Branco, no bairro Fátima, até o Instituto Federal de Educação (IFRS).

Manifestação em Antônio Prado e Ipê

Em Antônio Prado e Ipê diversos grupos estão se organizando, segundo eles, para uma manifestação pacífica. Em um desses grupos está um agricultor, que junto com amigos empresários e músicos, pretende reunir o maior número de pessoas possível. A estimativa é de mais de 400 veículos. “O STF não é um órgão de investigação, julgamento e condenação de ninguém. Mandam prender pessoas que, por direito constitucional, se manifestam contra suas atitudes”, disse o trabalhador rural.

Em um primeiro momento os manifestantes se reúnem em frente à igreja Nossa Senhora de Fátima. Ás 14h30min inicia a carreata, passando pelas ruas da cidade, até a saída para Nova Roma do Sul, em frente à Sorvelândia, retornando para o ponto de início. “Clamamos a participação da população, queremos um país livre, não um país comunista”, disse um comerciante.

A nível nacional a organização parte de autoridades religiosas como Evangélicos e Católicos, também se organizam ruralistas e caminhoneiros que repudiam a volta da esquerda ao poder.

O Presidente Jair Bolsonaro afirmou que as manifestações de seus apoiadores nesta terça-feira (07) será um ultimato aos opositores e deu a entender que, se alguém jogar fora das quatro linhas da constituição poderá fazer o mesmo.


Opnião dos Leitores

Deixe uma Resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *