Faixa Atual

Título

Artista


Lista de estabelecimentos que vendiam carne de cavalo em Caxias será divulgada nesta sexta

Escrito por em dezembro 16, 2021

A expectativa é que sejam divulgados nomes de cerca de 20 supermercados, pizzarias e casas de lanches

Clique aqui e confira atualização: Lista com nome de 56 casas de lanches, mercados e pizzarias que participavam do esquema de venda de carne de cavalo na Serra

Será divulgada nesta sexta-feira (17), conforme promessa do Ministério Público (MP) gaúcho, a lista com os estabelecimentos comerciais que vendiam carne de cavalo em Caxias do Sul. Em Operação desencadeada há cerca de 1 mês atrás, em 18 de novembro – quando duas hamburguerias foram denunciadas, os caxienses finalmente terão acesso a lista com aproximadamente 20 outras empresas. De acordo com o promotor Alcindo Luz Bastos da Silva Filho, supermercados e pizzarias também estão entre os suspeitos.

Ao todo, o frigorífico clandestino comercializava em torno de 800 kg de hambúrguer por semana. De acordo com o Ministério Público, o grupo não possuía autorização para o abate e comercialização de nenhum tipo de carne. Pelo menos 10 pessoas viraram réus por abate e venda ilegal de cavalo.

Relembre o caso:

O Ministério Público (MP-RS), deflagrou na manhã do dia 18 de novembro em Caxias do Sul, a Operação Hipo, para desarticular uma organização criminosa que vendia bifes e hambúrgueres de carne de cavalo para estabelecimentos comerciais da cidade. De acordo com o MP, a ação está sendo realizada por meio do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) – Segurança Alimentar. Ao todo, estão sendo cumpridos seis mandados de prisão preventiva e 15 de busca e apreensão referentes a oito alvos.

Em análise às conversas interceptadas pelo MP com autorização da Justiça, o Gaeco apurou que o grupo investigado abastecia estabelecimentos da cidade com grandes quantidades de carne proveniente do abate clandestino de equinos. A suspeita que foi confirmada por meio da realização de perícias em duas hamburguerias de Caxias do Sul, em cujos lanches foi encontrada presença de DNA de cavalo. Também eram misturadas carnes de peru e suíno aos lanches.

Fotos: Ministério Público/Divulgação RS


Opnião dos Leitores

Deixe uma Resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *