Faixa Atual

Título

Artista


Levantamento mostra que São Marcos está em situação de risco para transmissão de dengue

Escrito por em julho 9, 2020

No mês de junho, cerca de 500 imóveis foram inspecionados

O 2º Levantamento de índice Rápido (LIRA) do Aedes Aegypti foi realizado em junho na cidade de São Marcos e classificou a localidade como risco médio de transmissão da dengue. O levantamento permite a identificação de áreas com maior proporção e ocorrência de focos do mosquito Aedes aegypti, bem como dos criadouros predominantes, indicando o risco de transmissão de dengue, febre chikungunya e zika vírus.

Realizado pelos Agentes de Combate às Endemias, o levantamento ocorreu no período de 06 de junho de 2020 a 22 de junho de 2020.  De acordo com a Coordenadora da Vigilância Ambiental em Saúde, Daiane Alves, “apesar do início do inverno e temperaturas mais amenas, houve um crescimento no número de focos encontrados em relação ao último levantamento (ocorrido em janeiro)”.

O 2º LIRA resultou em índice de infestação de 1% (5 focos), elevando a classificação do município para risco médio e situação de alerta, principalmente no bairro Francisco Doncatto onde foram encontrados quatro, dos cinco focos do mosquito. O outro foco foi encontrado no Bairro Santo Antônio.

Conforme dados da Vigilância em Saúde, 521 imóveis foram inspecionados e entres os criadouros predominantes estão potes, baldes e lixos domésticos. Com estes dados, as ações no Bairro Francisco Doncatto serão intensificadas, as visitas ocorrerão a cada 60 dias aproximadamente, o que antes ocorria a cada 90 dias.

A Vigilância também destaca a importância de ouvir com atenção as orientações, bem como fazer a manutenção pelo menos uma vez por semana nos quintais, mantendo os reservatórios de água da chuva bem fechados e telados, vistoriando os pratinhos de planta, garrafas, bebedouros dos animais, baldes, lonas e qualquer outro objeto que possa acumular água parada.

Histórico dos levantamentos de índices

No total, durante o 1º semestre de 2020, foram realizadas 5.528 visitas técnicas dos agentes de endemias a residências, comércios, terrenos baldios e indústrias.

Em março deste ano a Vigilância realizou uma força-tarefa para eliminar possíveis focos do Aedes aegypti no bairro Francisco Doncatto.

Fonte: Prefeitura de São Marcos.


Opnião dos Leitores

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *