Faixa Atual

Título

Artista


Inflação do carnaval atinge 4,29%, segundo FGV

Escrito por em fevereiro 20, 2020

Combustíveis registraram maior alta nos preços.

A inflação dos produtos e serviços mais consumidos no carnaval ficou em 4,29% entre fevereiro de 2019 e janeiro deste ano, um pouco acima da inflação do período medida pelo Índice de Preços ao Consumidor (IPC) do Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getúlio Vargas, cuja variação foi 4,13%. Isoladamente, os preços dos produtos subiram 6,55% em 12 meses e os serviços, 2,10%.

As elevações foram concentradas na parte dos combustíveis: etanol subiu 12,17% e a gasolina aumentou 7,32%.

Conforme o economista André Braz, coordenador do Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getúlio Vargas salientou que os serviços mais demandados nessa época do ano, como refeições fora de casa e bebidas, não avançaram muito acima da inflação.

O valor de alimentos subiu 3,64% e bebidas (cerveja e chope) tiveram aumento de 4,33%. Já as passagens aéreas compradas com antecedência caíram 7,56%. Para quem optar por usar ônibus interurbanos, o aumento observado foi 1,58%, muito abaixo da inflação média.

Hotelaria, com avanço de 3,9%, também não mostrou ser um desafio para o bolso dos consumidores nesse período de festa carnavalesca.

Recomendações

De acordo com o economista, fazer as principais refeições em casa, como almoço e jantar, é uma boa estratégia para poupar dinheiro no carnaval. Em relação à bebida alcoólica, a recomendação é que o folião leve duas latinhas consigo e complemente o consumo durante os desfiles dos blocos.

Dividir sempre as despesas com os amigos, seja em relação à alimentação em casa, seja na hotelaria ou hospedagem, seja na gasolina do carro, não pesa para ninguém.

Fonte: Agência Brasil – Alana Gandra.


Opnião dos Leitores

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *