Faixa Atual

Título

Artista


Hospital Moinhos de Vento realiza primeira cirurgia fetal com gestante de Antônio Prado

Escrito por em julho 28, 2022

O bebê, um menino que se chamará Josué, passou pelo procedimento ainda na barriga da mãe, Aline Pereira Pinto

No último domingo (24), o Hospital Moinhos de Vento de Porto Alegre realizou a primeira cirurgia fetal na instituição.

Segundo informações do Hospital, um bebê com cerca de 22 semanas foi diagnosticado com mielomeningocele, um defeito de fechamento da coluna que causa lesão progressiva de raízes nervosas que estão anormalmente em contato com o líquido amniótico, podendo levar a graves consequências como hidrocefalia (acúmulo de líquido no cérebro) e dificuldade ou perda total da capacidade de caminhar.

A mãe do bebê é Aline Pereira Pinto, moradora da capela Nossa Senhora da Saúde, na linha Silva Tavares, interior de Antônio Prado que atualmente está com 28 semanas e 3 dias de gestação. A grávida foi encaminhada a instituição através da Secretaria Municipal de Saúde de Antônio Prado.

A secretária da Saúde, Jordana Serafim explica que a gestante era acompanhada por um médico particular fora do município e ao ter conhecimento do caso próximo as 28 semanas foram feitos todos os encaminhamentos necessários para sua inclusão no sistema SUS, e que foi necessário que a mãe entrasse com uma liminar na justiça pois apenas o Hospital atenderia a esse caso, mas ela conseguiria marcar a cirurgia apenas para o dia 28 de julho. O procedimento precisava ser feito antes de 28 semanas que seriam completadas justamente neste período.

Após os trâmites a cirurgia finalmente foi realizada e seu custo aproximado foi de R$ 150 mil reais custeados pelo município. O procedimento ocorreu a partir de uma incisão abdominal, como a de uma cesariana em que o útero foi exposto. O feto foi manualmente posicionado para que fosse possível acessar o problema. Foi feita uma pequena incisão no útero, suficiente para mostrar o defeito e fazer a correção da lesão, o que ocorreu com sucesso. Em seguida, o líquido amniótico foi reconstituído e o útero foi novamente fechado e recolocado, para que a gestação possa seguir seu curso. 

“A operação transcorreu da melhor forma possível. Foram tomadas todas as medidas preventivas para redução dos riscos cirúrgicos. Depois de 24h na UTI, a paciente permaneceu internada por mais dois ou três dias e o bebê agora será frequentemente examinado e monitorado por meio de Ecografia, no atendimento pré-natal.”, explicou o chefe do Serviço de Obstetrícia e Ginecologia, Edson Vieira da Cunha Filho.

“A cirurgia foi um sucesso. A equipe médica e os doutores Edson e Eduardo realizaram um procedimento longo de no máximo três horas. No momento o bebê está bem, ele se mexe bem. Estamos em casa nos recuperando e graças a Deus ocorreu tudo certo,” comemora a mãe.

A equipe de cirurgia foi composta pelo médico paulista, Fábio Peralta e pelos médicos Eduardo Becker Jr, Edson Vieira da Cunha Filho e Marcela Godoy Dias. A equipe de Neurocirurgia foi comandada pelo médico Jorge Bizzi, com auxílio do Dr. Antônio André Bedin, além de dois anestesistas, José Antônio Vinhas e Carlos Sparta. Além disso, também acompanharam o procedimento a chefe do Serviço de Neonatologia, Desiree de Freitas Valle Volkmer, a neonatologista Elisa Hauber da Silva, a coordenadora assistencial Andreia Amorim e a enfermeira neonatal, Joseline Brito de Oliveira. 

Após o nascimento os médicos acompanharão neurodesenvolvimento do bebê.

Equipe médica
A gestante Aline Pereira Pinto

crédito fotos: Acervo pessoal Aline e Hospital Moinhos de Vento


Opnião dos Leitores

Deixe uma Resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *